Aos 43 anos, Galindez planeja fim da carreira

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Aos 43 anos, Oscar Galindez já se prepara para o final da carreira. O argentino radicado no Brasil participou no último domingo (18) do Triathlon Internacional de La Paz (Argentina) e, após completar a prova na 7ª colocação na categoria Elite, declarou em entrevista ao site “Atletas.info” que o Ironman Brasil Florianópolis (31 de maio) pode ser sua última prova.

Sem citar os motivos, Galindez declarou já não ter mais tempo para treinar, fato que o faz cogitar a aposentadoria. “Treino um dia e dois não. Ou treino ou paro. Se sigo (competindo) quero ter o compromisso de treinar e voltar ao Ironman Florianópolis em maio. Este seria meu objetivo e, talvez, minha despedida definitiva”, disse o triatleta.

leiamais-cinza-novo
iconezinho  TRIATHLON INTERNACIONAL DE SANTOS ACONTECE EM MARÇO

Na prova deste domingo, Galindez saiu da natação em desvantagem e ganhou inúmeras posições no ciclismo, sua especialidade. Na corrida manteve um impecável ritmo conquistando mais um top-10 na carreira.

E a prova em La Paz é especial para o argentino. Foi lá que ele estreou e venceu sua primeira prova, 28 anos atrás. Desde então, o triatleta nascido em Rio Tercero, na província de Córdoba, fez grande sucesso na América Latina e em especial no Brasil, onde vive desde 1995, ano em que saiu da Argentina em busca de melhores condições de treino.

Somente no Brasil, o argentino foi tricampeão do Ironman Brasil (2003, 2006 e 2007), heptcampeão do Triathlon Internacional de Santos (recorde entre os homens) e heptacampeão do Troféu Brasil (recorde entre os homens). Internacionalmente, foi campeão mundial de Duathlon em 1995, vice-campeão mundial do Ironman 70.3 em 2007 e 11º no Mundial de Ironman de 2005.