Sem pressa para reabastecer

Atualizado em 08 de agosto de 2016
Mais em Nutrição

Uma pesquisa realizada por pesquisadores da Universidade McMaster, de Ontário, no Canadá, sugere que a redução do consumo de carboidratos durante e depois dos treinamentos pode melhorar o uso da gordura como fonte de energia.

Os cientistas selecionaram voluntários para realizarem exercícios físicos em uma intensidade alta duas vezes no dia, sendo que o tempo de recuperação era de 3 horas entre um e outro.

Após as atividades da primeira semana, metade dos atletas ingeriu uma bebida rica em carboidrato, enquanto os outros tomaram um liquido com zero caloria, utilizado como placebo. Na segunda semana, foi o contrário.

Os pesquisadores concluíram que os homens que ingeriram a bebida sem calorias após o exercício tiveram um aumento na produção de p38 MAPK, um composto relacionado com as mitocôndrias (pequenas organelas dos músculos onde acontece o metabolismo aeróbico).

Quando maior a produção deste composto, mais energia proveniente da gordura o corpo vai usar. O resultado? Maior queima de gordura. Isso não significa, porém, que você deve riscar o nutriente da sua dieta. O ideal, segundo o estudo, é apenas evitar  seu uso durante a corrida e logo após o treino, pois isso melhora a performance e a queima de tecido adiposo. Após cerca de 30 a 45 minutos da atividade, o recomendado é ingerir carboidratos normalmente.