Para que serve o treino de ritmo de prova?

Atualizado em 09 de fevereiro de 2018
Mais em Treinamento

Como em outras modalidades esportivas, na natação, os atletas (profissionais e amadores) precisam experimentar a intensidade que vão imprimir no dia da prova, seja ela em águas abertas ou na piscina, já antes da competição. Para isso, serve o treino de ritmo de prova, caracterizado por um maior número de séries, com distâncias também mais extensas, dentro da mesma sessão. Conheça os ganhos desse método e veja um exemplo de treino para nadadores avançados.

Quais os efeitos desse tipo de treino sobre o rendimento? Por ter um volume maior, até mesmo que o da competição, o treino de ritmo de prova também pode trazer alguns benefícios ao rendimento do atleta. Entre eles, destacam-se a melhora do condicionamento físico de forma geral, trabalhado para que ele consiga nadar no tempo previsto, e o ganho de autoconfiança no desempenho.

Como deve ser inserido na planilha? Esses trabalhos devem ser realizados como a parte principal do treinamento. Portanto, precedidos pelo aquecimento e pelos educativos e sucedidos pela soltura. Se o treino se prolongar muito, é recomendável também estender o nado solto, num treino de 1.500m, ou uma série leve de 12x50m, com 1min de intervalo.

Quem pode fazer? Por conta da intensidade maior, esse método é indicado, apenas, para nadadores avançados, que já estão acostumados a trabalhar os limites do próprio corpo. Veja, a seguir, um exemplo de sessão avançada de treino de ritmo de prova:

Aquecimento: 2x (100m crawl + 100m mix (misturar 2 estilos) + 100m medley –)

Educativo: 12x 50m livre com 10 min de intervalo (4x perna com prancha + 2 x trabalho de sensibilidade + 4x perna com prancha + 2 x educativo)
4x75m livre com 10m de intervalo (25m leve + 25m moderado + 25m solto)

Série Principal: 2x (1x100m a 100% da força máxima, com palmar e intervalo de 3 minutos)
(4×50 no ritmo de prova com intercalo de 1 minuto)
(200m livre solto, com intervalo de 3 minutos
Ou
2x(8x50m no ritmo de prova, com intervalo de 50 segundos a 1 minuto entre as séries e de 3 minutos entre as duas sessões)
400m livre solto

(Fonte: Felipe Vaz Domingues, gerente de natação da Cia Athletica)