Faça a virada perfeita no nado costas

Atualizado em 20 de abril de 2016
Mais em Treinamento

Muitos nadadores utilizam o nado costas como uma forma de treino mais leve, já que ele causa boa sensação e é o único estilo em que o nadador faz o movimento olhando para cima (decúbito dorsal). Ele também é executado, normalmente, em aquecimentos, tiros e séries mais fortes por nadadores especialistas nesse estilo.

leia-mais-cinza
ícone-texto SAIBA COMO APERFEIÇOAR O NADO COSTAS
ícone-texto TÉCNICAS DE NATAÇÃO: VIRADA OLÍMPICA

Mas é preciso ficar atento aos erros desse tipo de nado. Um dos mais frequentes rola na hora de realizar a virada, quando muitos nadadores acabam diminuindo o ritmo muito antes de chegarem à parede ou, até mesmo, não dão um impulso eficiente com as pernas na parede.

Para realizar a virada perfeita você deve se aproximar da parede na posição ventral, sem diminuir o ritmo. O seu movimento dentro da água deve ser semelhante a uma cambalhota de costas, composta por uma rotação do corpo que o coloca novamente na posição inicial, ou seja, na posição dorsal.

Ao tocar a borda com a palma da mão, a cabeça começa a afundar e a voltar, no sentido oposto. As pernas devem acompanhar esse movimento, sendo lançadas por cima até encostarem a parede da piscina. Em seguida, você dará o impulso com os pés, preparando-se para voltar à posição original do estilo.

(Fonte: Rogério Maccarini, professor de educação física e especialista em fisiologia do exercício)