Touca chamativa para segurança

Atualizado em 20 de abril de 2016
Mais em Notícias

Nadar em águas abertas é algo que exige muito cuidado e atenção. Além de uma boa navegação, o nadador está sujeito à troca de corrente e possíveis variações de tempo. Tudo pode influenciar. Mas, independente de ser um treino ou um evento em mar aberto, a segurança sempre está em primeiro lugar.  E um dos detalhes mais importantes a se levar em conta é ser visto. Isso mesmo. Pessoas sem touca, ou com cores claras (ou escuras demais) podem desaparecer na imensidão das águas. Por isso, a importância das toucas com cores fortes.

A cor chamativa facilita para que as embarcações, comuns em águas abertas, possam ver o nadador à distância e tomar os devidos cuidados. É a mesma linha de raciocínio das roupas de um corredor ou ciclista, que servem para chamar a atenção dos motoristas na estrada.

Em uma prova em mar aberto, a organização terá todo o aparato de segurança necessário, e é justamente para o staff da prova que deve-se aparecer. Embora todos larguem juntos, em pouco tempo forma-se o pelotão, e muitas pessoas se separam do bolo. E como o percurso de uma prova em águas abertas não se delimita, é normal que alguns saiam nadando “sem rumo”. É nessa hora que a touca faz a diferença. Um ponto colorido fora do trajeto é imediatamente avistado e, seguramente, informado sobre as direções corretas.

Na hora de escolher a touca, é importante procurar por aquelas que, além de cores fortes, sejam confortáveis. Antes de levar para casa, sempre, colocá-la na cabeça e testar. Hoje em dia, existem diversas variações de tamanho, de costuras, de materiais, etc.

(Fonte: Marcos Campos, maratonista aquático da Aqua Sphere)