RJ: vem aí o Circuito Rei e Rainha do Mar

Atualizado em 20 de abril de 2016
Mais em Notícias

A segunda etapa das provas do Circuito Light Rei e Rainha do Mar acontece no próximo domingo (31 de agosto), no Rio de Janeiro (RJ). Coroado em 2013 como o maior evento esportivo de praia do Brasil, o circuito recebeu, na primeira etapa de 2014, nas praias do Leme ao Arpoador, 3100 atletas. Para a segunda etapa, que levará os competidores do Leme a Copacabana, os organizadores esperam atrair ainda mais participantes.

leia-mais-cinza
icon texto_menor REI E RAINHA DO MAR: BRASIL VENCE DESAFIO ELITE DO CIRCUITO

Se antes o circuito chamava a atenção pelas provas de natação em mar aberto, agora ela conta também com corrida em areia, biathlon e campeonato de stand up paddle. A Beach Run, única prova 100% de corrida na areia da cidade, conta com um percurso de 5 km; o Beach Biathlon tem 1 km de natação e 2,5 km de corrida na areia; as SUP RACE, provas de stand up paddle, recebem iniciantes e experientes nas disputas de 2 km, 6 km e 12 km; e na natação, as provas Sprint (1 km), Classic (2 km) e Challenge (3,5 km) recebem o maior número de competidores.

Além de ser evento esportivo de sucesso, o Circuito Light Rei e Rainha do Mar também mantém participação social durante todo o dia de competição. Nesta edição, o evento ajudará o Instituto Pro Criança Cardíaca, que trabalha há 15 anos com cirurgias e assistência à criança cardíaca carente. No mesmo horário da largada das provas, o ultramaratonista Márcio Villar correrá 100 km em prol do Instituto e depois ajudará a pagar a operação de coração de duas crianças do projeto. Além disso, 10% do valor das inscrições para as provas serão doados para a instituição.

O evento também recebe a Cooperativa de Catadores de Lixo do Complexo do Alemão (COOPCAL), responsável pela distribuição de sacolas recicláveis do projeto Light Recicla, para a coleta de resíduos deixados nas areias. A Malharia Social, que presta serviços de estamparia dentro de um presídio de Santa Catarina, também é parceira da competição, produzindo as camisetas do kit. O Circuito ainda receberá crianças de projetos das comunidades da Maré, na Zona Norte do Rio, e Capão Redondo, de São Paulo.

Para saber mais, acesse: reierainhadomar.com.br