Cesar Cielo vai aos EUA por vaga no Rio 2016

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Notícias

O nadador brasileiro Cesar Cielo, que ainda não tem vaga garantida nas Olimpíadas do Rio de Janeiro (e conta com muitos concorrentes às duas vagas nos 50 m livre), decidiu intensificar a sua preparação nos EUA. O foco será a última seletiva olímpica antes dos Jogos, no Troféu Maria Lenk, de 15 a 20 de abril. No estado do Arizona, Cesar Cielo volta a treinar com Scott Goodrich, seu antigo treinador e presente nas últimas duas conquistas do medalhista de ouro em Pequim 2008: o título de piscina longa nos 50 m livre em Barcelona (2013) e no de piscina curta em Doha (2014).

No Scottsdale Aquatic Club, Cesar Cielo vai dar enfoque no aprimoramento físico e técnico, além de um intenso trabalho psicológico, já que o ano de 2015 foi muito abaixo do que ele esperava. No Mundial de Kazan, na Rússia, o nadador de Santa Bárbara D’Oeste acabou se desligando da delegação no início do torneio, por conta de um problema no ombro. Já na primeira seletiva olímpica, realizada em dezembro, em Palhoça (SC), Cielo foi o 11º nos 100 m livre – e também decidiu encerrar sua participação precocemente.

E é bom Cesar Cielo se preparar bem, pois precisará derrubar cinco índices já cravados por brasileiros nos 50 m livre para o Rio 2016. Os nadadores que hoje brigam por vagas são Bruno Fratus (21s50), Ítalo Duarte (22s08), Marcelo Chiereguini (22s17), Matheus Santana (22s17) e Henrique Santana (22s25).

leia-mais-cinza

ícone-texto RIO 2016: 25 ÍNDIVES OBTIDOS EM SC CIELO É DÚVIDA

Cesar Cielo garantiu que voltar a competir e treinar na piscina do Phoenix Swim Club, que revelou o nadador americano Gary Hall Jr, pentacampeão olímpico, é muito inspirador. “Foi o lugar em que treinei e obtive sucesso tanto para o Mundial de Barcelona quanto para o de Doha. Voltar a treinar com o técnico com quem eu ganhei o meu terceiro título mundial (nos 50 m livre) faz sentido”.