Pan 2015: atletismo brasileiro se destaca

Atualizado em 04 de agosto de 2016

As competições do atletismo no Pan 2015 começaram no último sábado (18 de julho) e os atletas brasileiros já se destacaram. Na primeira prova dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, a maratona feminina, Adriana da Silva, medalha de ouro nos jogos de Guadalajara 2011, teve bom desempenho e ficou em segundo lugar, cruzando a linha de chegada com 2h35min40s (tempo que bateu sua marca de Guadalajara, que era de 2h36min37).

A vencedora foi a peruana Gladys Tedeja, que completou os 42 km em 2h33min03, o novo recorde da competição. Em terceiro ficou a americana Lindsay Flanagan, que fechou o percurso em 2h36min30s.

Mas a grande surpresa da competição foi abandono da favorita ao título, Ines Melchor, antes do km 25. A peruana era tida como o principal nome da maratona por ter o recorde sul-americano da modalidade e por estar em grande fase.


  PAN DE TORONTO: AS PROMESSAS DO ATLETISMO

A também brasileira Marily dos Santos ficou na quinta colocação, com o tempo de 2h41min31s.

A maratona tinha 17 corredoras inscritas, mas apenas 11 delas conseguiram completar a distância, que foi disputada em um circuito de 10 km, com quatro voltas e um percurso complementar feito na largada para totalizar os 42 km.

Marcha atlética
Os atletas da marcha atlética também tiveram um ótimo desempenho nos primeiros dias de competição do Pan 2015. A atleta pernambucana Érica Sena levou a medalha de prata na prova de 20 km com o tempo de 1h30min03s, sendo que a mexicana Maria Gonzáles foi a campeão com 1h29min24s e em terceiro ficou a equatoriana Paola Perez, com o tempo de 1h31min53s.

Na prova masculina, o brasileiro Caio Bonfim conquistou o bronze ao fazer o percurso em 1h24min43s. O bom resultado quebrou um jejum de 24 anos sem pódio do Brasil nessa competição. O campeão foi o canadense Evan Dunfee (1h23min06s) e Inãki Gomez, seu compatriota, completou o pódio (1h24min25).