Dubai construirá quadras de tênis embaixo d'água

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Mais Esportes

As obras de Dubai ganharam mais um projeto ambicioso: a construção de um complexo de quadras de tênis embaixo d’água, o Tennis Court deve ficar localizado entre o Burj Al Arab e o Palm Jumeirah Islands. O projeto, criação do polonês Krystztof Kotala, tem orçamento previsto de U$ 2,5 bilhões, segundo a Forbes, e deverá ser entregue para a Expo Dubai 2020.

A excêntrica proposta de entretenimento será construída em alto-mar, no Golfo Pérsico, com sete quadras de tênis embaixo d’água e espaços para receber jogos profissionais, amadores e aulas. Na quadra central, a intenção do escritório 8 + 8 Concept Studio, de propriedade de Kotala, é instalar um grande painel circular de vidro para acomodar até mil espectadores, que além do jogo, terão como espetáculo arraias e outros animais da fauna marinha.

Atualmente, o país sedia o ATP 500 de Dubai, mas o desejo dos governantes é aumentá-lo para um Masters 1000, o que atrairia ainda mais tenistas do top 10 e turistas. A ambição é de que, após 2020, Dubai consiga receber um 5º Grand Slam, que se juntaria ao Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e Aberto dos EUA.

Tênis nas alturas

E se engana quem pensa que o complexo subaquático é a primeira ação monumental em Dubai para o tênis. Desde 2005, o heliporto do hotel mais alto do mundo, o Burj al Arab, com 305 metros de altura, abriga uma quadra para a prática de tênis.