<font face= O primeiro recorde brasileiro dos Jogos Paraolímpicos de Pequim foi alcançado antes do início da competição. Para 2008, o Brasil garantiu 129 vagas em 15 modalidades, 34% a mais de atletas do que nos Jogos de Atenas em 2004, quando o país foi representado por 98 atletas em 13 modalidades.

A meta é colocar o Brasil em 12º lugar no quadro geral de medalhas. Para isso, o Comitê Paraolímpico estima que a delegação brasileira fique entre 140 e 150 atletas em, pelo menos, 17 modalidades, dentre as 20 que existem no programa paraolímpico.

De acordo com coordenador do departamento de esportes e da natação do Comitê Paraolímpico Brasileiro, Gustavo Maciel, as vagas pertencem ao CPB e não ao atleta. Durante o primeiro semestre, em competições nacionais e internacionais, o comitê definirá quem serão os atletas que representarão o Brasil em Pequim. Os Jogos Paraolímpicos de Pequim serão realizados de 06 a 17 de setembro utilizando as mesmas instalações dos Jogos Olímpicos. "/>Foto:  O primeiro recorde brasileiro dos Jogos Paraolímpicos de Pequim foi alcançado antes do início da competição. Para 2008, o Brasil garantiu 129 vagas em 15 modalidades, 34% a mais de atletas do que nos Jogos de Atenas em 2004, quando o país foi representado por 98 atletas em 13 modalidades.

A meta é colocar o Brasil em 12º lugar no quadro geral de medalhas. Para isso, o Comitê Paraolímpico estima que a delegação brasileira fique entre 140 e 150 atletas em, pelo menos, 17 modalidades, dentre as 20 que existem no programa paraolímpico.

De acordo com coordenador do departamento de esportes e da natação do Comitê Paraolímpico Brasileiro, Gustavo Maciel, as vagas pertencem ao CPB e não ao atleta. Durante o primeiro semestre, em competições nacionais e internacionais, o comitê definirá quem serão os atletas que representarão o Brasil em Pequim. Os Jogos Paraolímpicos de Pequim serão realizados de 06 a 17 de setembro utilizando as mesmas instalações dos Jogos Olímpicos.

Brasil terá recorde de atletas paraolímpicos em Pequim

Atualizado em 20 de abril de 2016
Mais em Mais Esportes

 O primeiro recorde brasileiro dos Jogos Paraolímpicos de Pequim foi alcançado antes do início da competição. Para 2008, o Brasil garantiu 129 vagas em 15 modalidades, 34% a mais de atletas do que nos Jogos de Atenas em 2004, quando o país foi representado por 98 atletas em 13 modalidades.

A meta é colocar o Brasil em 12º lugar no quadro geral de medalhas. Para isso, o Comitê Paraolímpico estima que a delegação brasileira fique entre 140 e 150 atletas em, pelo menos, 17 modalidades, dentre as 20 que existem no programa paraolímpico.

De acordo com coordenador do departamento de esportes e da natação do Comitê Paraolímpico Brasileiro, Gustavo Maciel, as vagas pertencem ao CPB e não ao atleta. Durante o primeiro semestre, em competições nacionais e internacionais, o comitê definirá quem serão os atletas que representarão o Brasil em Pequim. Os Jogos Paraolímpicos de Pequim serão realizados de 06 a 17 de setembro utilizando as mesmas instalações dos Jogos Olímpicos.