Musculação: 6 deslizes comuns na academia

Atualizado em 20 de abril de 2016
Mais em Treinamento

Você tem malhado com frequência, mas ainda não viu os resultados. Muitas vezes, o erro pode estar na forma como executa o treino de musculação. Os deslizes que variam desde a execução do movimento, excesso de carga e a forma de segurar os equipamentos até à velocidade do movimento e à má postura corporal. Isso é comum e pode acontecer tanto com os iniciantes, como também com os mais experientes.

Em outros casos, os erros vão além da execução dos exercícios, podem causar um efeito negativo nos treinos. Pensando nisso, listamos seis deslizes comuns na academia que podem jogar contra você.

1. Começar sem aquecer
Não adianta querer partir direto para os exercícios de musculação. O aquecimento também é importante e não deve ser deixado de lado ou feito às pressas. Ele prepara o corpo e psicológico para a atividade física, além de proporcionar o estado ideal para o organismo suportar um treinamento. Os movimentos iniciais da musculação ainda melhoram a coordenação e aumentam a taxa metabólica e a capacidade articular de suportar cargas.

leia-mais-cinza
ícone-texto  TREINO DE SUPERSÉRIE PARA QUEIMAR CALORIAS
ícone-texto  10 DICAS PARA FUGIR DAS LESÕES NA ACADEMIA
ícone-texto  TREINO FUNCIONAL PARA GANHAR RESISTÊNCIA

2. Escolha das roupas e dos tênis
Para que você tenha um bom desenvolvimento na academia, suas roupas devem ser escolhidas com cuidado. Os tecidos precisam ser leves e de fácil absorção de suor para ajudar no ganho de desempenho, já que as roupas mais pesadas retém a umidade e podem levar a infecções por fungos. É fundamental, também, usar um  tênis confortável e adequado para o treino feito.

3. Não respeitar a individualidade
O treino precisa ser montado respeitando sua individualidade biológica, seus objetivos e seu nível de condicionamento físico. O que é bom para um, talvez não seja tão bom para o outro. Só um profissional de educação física pode montar um treino específico para a necessidade de cada um.

4. Negligenciar a hidratação
Não dá para esperar a boca secar para ir atrás de um copo de água. Durante todo o treino a garrafinha precisa ficar à mão. A água é essencial não apenas para hidratar, mas também para elimina as toxinas, lubrificar, transportar nutrientes e ajudar a repor as energias, aumentando a disposição para treinar.

5. Carga errada
Não adianta achar que já pode aumentar as cargas (peso) e sentir tanta dor a ponto de ter de ficar de molho no dia seguinte. O corpo precisa estar preparado para aumentar a intensidade do treino. Além disso, a consequência do aumente rápido da carga dos exercícios é a lesão.

6. Não descansar
Dormir é essencial para o corpo se recuperar do treino, já que é neste período que o organismo constrói os músculos e faz valer todo o esforço feito na musculação. Por isso, respeite os descansos semanais. Praticar atividades físicas todos os dias só irá atrapalhar a sua evolução na academia, além de fazer com que você corra o risco de entrar em overtraining.

(Fonte: Alex Benzal, professor da rede JustFIT de academias)