A aula de academia certa para o seu humor

Atualizado em 18 de outubro de 2017
Mais em Notícias

O estilo de vida frenético que muita gente vive no dia a dia traz consigo raiva, alegria e estresse – tudo misturado! Uma das soluções para lidar com a variação de humor é mais simples do que você imagina, e tão eficaz quanto um remédio: basta entrar na academia e manter o corpo em movimento.

Um estudo feito pela Sociedade  Americana de Psiquiatria  junto a pessoas com depressão constatou que os pacientes expostos a 30 minutos de exercício em um período de dez dias não só apresentaram melhoras, mas também seu ganho de humor foi mais rápido do que naqueles que usaram antidepressivos.

Pensando nisso, apontamos a seguir qual aula de academia pode melhorar o seu estado de espírito.

1. Alegria

Ao estar bem consigo mesmo, você busca atividades que façam com que essa sensação de bem-estar se prolongue. Por isso, aulas que focam no divertimento, na descontração e no relacionamento entre as pessoas são boas pedidas. Dentre as mais procuradas estão a Zumba, as aulas de dança coletivas e, em geral, aquelas que têm músicas estimulantes.

As aulas que envolvem coreografias, música e estímulos diferenciados também são uma ótima maneira de combater o tédio. O step é outra boa saída para os momentos em que você se vê aborrecido, pois essa aula envolve situações novas a todo instante.

2. Raiva

Quem tem raiva precisa extravasar o sentimento negativo de alguma forma. A violência física pode não ser a resposta, mas certamente um saco de areia pode levar umas porradas!. Não é à toa que aulas como o kickboxing, o boxe e as artes marciais sejam um dos melhores antídotos para esse estado de espírito. Mais: elas também são capazes de gerar confiança, foco e disciplina.

Nos momentos em que a raiva toma conta, vale dar chutes, desferir socos e rolar no chão. Lutas geram adrenalina, hormônio liberado em situações de risco. E aulas que requerem grande atenção, disciplina e condicionamento podem resultar num tipo de satisfação que pode não ser encontrado em outras áreas da vida.

Nesta situação, as atividades aeróbicas, que fazem suar bastante e que elevem os batimentos cardíacos, e aquelas mais intensas que levam a superação de limites, como CrossFit e o HIIT, também são ótimos remédios.

3. Estresse

Aulas que focam a respiração, a paciência e a atenção, conhecidas como Body-Mind, são um ótimo remédio contra o estresse. Em aulas que envolvem manter uma postura correta e focar-se nela, como o yoga, o Pilates e o alongamento, é difícil pensar em outra coisa que não seja a postura, e assim elas ajudam a relaxar. Além disso, estudos já mostraram que uma das melhores maneiras de reduzir o cortisol, o hormônio do estresse, é fazer respiração profunda e meditar.

(Fonte: Cacá Ferreira, gerente técnico corporativo da Cia Athletica)