Corrida em equilíbrio

Atualizado em 06 de agosto de 2015
Mais em Experts

Correr ou caminhar de acordo com o momento cardiovascular é, sem dúvida, a forma mais prática e concreta de elevar o nível de saúde para patamares superiores. Bom lembrar que há aproximadamente 20 anos, a atividade física pouco representava para a melhora da saúde. O livro recém-lançado do grande médico Drauzio Varela demonstra isso. Nele é possível ver como os seus colegas achavam esquisito ele gostar de corrida. Achavam um absurdo quando ele dizia que correr era bom para a saúde…

E por muito tempo foi assim. Nas décadas de 1950, 1960, quando eu corria, todos diziam que eu era um louco! Mas tudo mudou rapidamente e hoje sabemos da importância direta da corrida para a saúde. Entretanto, é bom dizer: para que o esporte seja um bem para o organismo, existem dois pré-requisitos fundamentais a serem seguidos.

O primeiro deles é o sono. Sem ele nada ocorre de positivo na prática da corrida, pois é o elemento que promove o vigor em nosso organismo. Quando dormimos, a hipófise derrama na corrente circulatória o hormônio do crescimento. Ele permite o restabelecimento de todos os nossos órgãos vitais que durante o dia a dia de trabalho foram destruídos.

E tem mais. Durante o sono são fabricadas milhões e milhões de células que promoverão uma exuberante reciclagem do corpo. Sem ele não ocorrerá a necessária hipertrofia de nossos músculos, que foram acionados durante os exaustivos treinos. Ou seja, eles não se recuperarão de forma produtiva e prejudicarão a execução na corrida.

Em segundo lugar vem a alimentação. Quando ela não é adequada, não há matéria-prima para que ocorra uma verdadeira melhoria nas corridas. Ela é essencial para que o empenho nos treinos seja absorvido pelo organismo.

Nesse contexto, ressalto que não podemos ficar escravos das proteínas, que são elevadas a patamares de maior importância nos tempos atuais. Realmente elas são muito importantes, porque são as construtoras de nossas células. Mas devem sempre ser usadas na proporção correta.

Os carboidratos também são fundamentais, afinal são combustível. São eles que vão promover a energia usada na corrida. Alguns acreditam que eles engordam, mas isso ocorre, sobretudo, com pessoas sedentárias. Quem é um atleta deve estar sempre muito atento a não deixar faltar este precioso nutriente, sempre na quantidade necessária.

Por fim, as gorduras sempre foram vistas como ruins, mas são essenciais para o equilíbrio do organismo. Só deve ser evitado obter este nutriente por meio de frituras, que são um verdadeiro veneno dos tempos modernos.

Que fique, caro leitor, a mensagem. Se você não tiver um sono reparador e uma alimentação saudável, seu esforço está sendo muito atrapalhado. Busque, portanto, um equilíbrio em todas as áreas que envolvem sua corrida.