CrossFit Invitational: 2016 foi dos vikings

Atualizado em 21 de novembro de 2016
Mais em Notícias

A equipe europeia não deu chances para os rivais na 5ª edição do CrossFit Invitational, no último domingo, na pequena cidade industrial de Oshawa, na província canadense de Ontário. Mesmo com pouco tempo para treinar, o time formado por atletas de Islândia, Inglaterra e Suécia levou a melhor depois de sete WODs, superando equipes de Estados Unidos, Canadá e Pacífico.

A equipe europeia foi formada pelo atletas Lukas Högberg, Sara Sigmundsdottir, Björgvin Karl Guðmundsson, Katrin Davidsdottir e pela coach Samantha Briggs, campeã do CrossFit Games 2013.

Eles mal puderam se preparar juntos para o CrossFit Invitational, já que Briggs é da Inglaterra, Högberg é da Suécia e os demais são da Islândia. No entanto, juntos, eles tinham as melhores estatísticas dos CF Games passados e provaram que não foram para brincar.

A briga pra valer dos europeus foi com a equipe americana, formada por Ben Smith, Brooke Wells, Kari Pearce e Rich Froning, este último como coach e atleta no lugar de Mathew Fraser, lesionado.

 

 

Rich Froning ficou visivelmente incomodado com o segundo lugar durante o Cool-Off, bate-papo com o diretor do CF Games, Dave Castro. A equipe americana foi campeã do CrossFit Invitational nos últimos dois anos, e Froning odeia perder.

No total, participaram do CrossFit Invitational quatro equipes formadas por 5 atletas (quatro competindo e um no papel de coach). Os outros dois times eram Canadá e Pacífico. Eles disputaram os 7 WODs do campeonato que teve a mesma duração de um jogo de futebol.

Mesmo com o apoio da torcida por competir em casa, a equipe canadense, formada pelos atletas Brent Fikowski, Michele Letendre, Patrick Vellner e Carol-Ann Reason-Thibault, além da coach Camille Leblanc-Bazinet, não conseguiu um resultado expressivo e ficou em último lugar.

A equipe do Pacífico, composta pelos atletas Tia-Clair Toomey, Rob Forte, Kara Webb e James Newbury e pelo coach Chad Mackay, começou muito bem, com duas vitórias nos WODs 1 e 2. No entanto, eles não conseguiram manter o ritmo e terminaram na terceira colocação.

A 5ª edição do CrossFit Invitational foi realizada em Oshawa, cidade com apenas 140 mil habitantes e que tem 4 boxes afiliados. O ginásio comunitário da cidade foi o palco escolhido para receber muitos dos maiores atletas do mundo de crossfit.

Confira os WODs do Invitational 2016:

WOD 1 – Os 4 atletas:
Por tempo:
21-15-9 reps de: 
 Deadlift 
bar facing burpees (387kg / 854 lbs)
Os 4 atletas juntos na fat bar longa. Os burpees deviam ser sincronizados.

WOD 2 – 2 atletas femininas:
1-rep-max snatch
1-rep-max clean e jerk
São duas changes de levantamento para cada atleta. Uma mulher devia fazer o snatch e a outra, o clean e jerk. O resultado foi a soma dos pesos dos movimentos válidos.

WOD 3 – 2 atletas femininas:
Handstand walk
Uma corrida na parada de mão, com cada atleta atravessando a quadra uma vez.

WOD 4 – Os 4 atletas
Por tempo:
15 bar muscle up
20/16 calorias na air bike e 24/20 calorias de remo
4 Pig flips
12 bar muscle up
20/16 calorias na air bike e 24/20 calorias de remo
3 Pig flips
9 bar muscle up
20/16 calorias na air bike e 24/20 calorias de remo
2 Pig flips

As equipes tinham 4 estações de pull up, dois remos, duas air bikes e dois pigs (um bloco enorme e pesado)
Os bar muscle up deviam ser sincronizados pelos 4 atletas.

WOD 5 – 2 atletas masculinos:
Por tempo:
1-rep-max snatch
1-rep-max clean e jerk

Duas changes de levantamento para cada atleta. Um homem fazia o snatch e, o outro, o clean e jerk. O resultado era a soma dos pesos dos movimentos válidos.

WOD 6 – 2 atletas masculinos:
Handstand walk
Uma corrida na parade de mão, com cada atleta atravessando a quadra uma vez.

WOD 7 – os 4 atletas:
Por tempo:
Casal 1, cada atleta completou:
3 rope climb
30 strict HSPU com HS hold

Então, os 4 deviam fazer:
30 slug clean (102 kg/ 225 lbs)
30 Pig jump over, sincronizados
30 slug thruster (136 kg / 300 lbs)
No primeiro movimento, a equipe se dividia em 2 casais.
Quando todos terminavam, seguiam adiante com o WOD.