CrossFit Inc.Foto: CrossFit Inc.

CrossFit Inc. lucra quase R$ 140 milhões por ano com boxes afiliados

Atualizado em 26 de junho de 2017
Mais em Notícias

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, crossfit não é uma modalidade, e sim uma marca registrada pela empresa americana CrossFit Inc., que criou o método de treinamento de alta intensidade. Para ter uma academia oficial, chamada de box (caixa, em inglês) por sua característica física, é preciso pagar pelos direitos do uso da marca.

A afiliação tem um custo anual de US$ 3.000,00 (pouco mais de R$ 9,8 mil). Isso quer dizer que a organização embolsa por ano US$ 2,4 milhões só dos boxes afiliados do Brasil, algo em torno de R$ 8 milhões. O país é o segundo maior em números totais de boxes no mundo, com 819.

No mundo, já são mais de 14 mil locais registrados com a marca da CrossFit Inc. Com estes números, a empresa norte-americana tem um lucro anual de mais de US$ 42 milhões, cerca de R$ 139,4 milhões.

 

 

Em contrapartida, a CrossFit oferece cursos específicos do método para seus treinadores. O reflexo disso é o surgimento de diversos atletas de ponta ao redor do mundo – foram 11 brasileiros na última classificatória do CrossFit Games.

Com o número crescente de boxes afiliados, o país ainda não teve um representante nas categorias principais da competição. Enquanto isso, Austrália e Canadá contam com alguns dos melhores do mundo, como Camile Leblanc e Tia-Clair Toomey.

A CrossFit Inc. oferece em sua página oficial uma ferramenta em que é possível identificar a quantidade de boxes por países. No site também há o Affiliate Map, ferramenta que possibilita encontrar nome, endereço e mais informações de cada box.

*(Números de boxes afiliados e cotação do dólar referentes à pesquisa feita no dia 12 de junho de 2017. Assim, estão sujeitos à alterações.)