CrossFit faz controle de dopagem surpresa; Fraser e Froning foram testados

Atualizado em 17 de janeiro de 2018
Mais em Notícias

Cada vez mais a CrossFit Inc. vem melhorando o seu controle e políticas antidopagem. Depois de diversos casos na temporada do CrossFit Games 2017, inclusive com o medalhista Ricky Garard testando positivo, a organização procura “fechar o cerco” para evitar ou ao menos encontrar novas trapaças.

A primeira novidade para 2018 foi uma espécie de “disque denúncia”, onde qualquer praticante da modalidade pode, via e-mail, telefone ou formulário online, relatar um caso de doping ou qualquer outra irregularidade. Agora, estão também apostando em testes surpresa fora da temporada de competições.

Mesmo a mais de um mês para o início do Open 2018, primeira etapa rumo ao CrossFit Games 2018, Dave Castro divulgou em seu Twitter que alguns atletas estão sendo testados já nesse começo de ano. O destaque fica por conta de Rich Froning e Mat Fraser, além dos principais atletas que estiveram no Wodapalooza 2018.

 

 

“No dia 28 de dezembro fizemos testes surpresas (sangue e urina) com Mat Fraser e Rich Froning. O resultado foi negativo, eles estão limpos”, escreveu o diretor da organização. Segundo matéria do site The Barbell Spin, Katrin Davidsdottir, Kari Pearce, Dakota Rager e Garret Fisher também foram testados em Miami durante o Wodapalooza 2018.

Um fã questionou como os exames eram feitos, já que em 28 de dezembro muitos dos atletas estão de férias, viajando para longe de suas cidades. “Nós temos que atualizar a organização sobre a nossa localização constantemente”, respondeu Rich Froning.