Por que Brooke Ence está mudando o padrão de beleza de Hollywood

Atualizado em 08 de dezembro de 2017
Mais em Notícias

A atleta americana Brooke Ence está quebrando os padrões de beleza de Hollywood. Isso é o que afirma o site Life & Style, que fez uma entrevista exclusiva com a atleta do CrossFit Games. Ela confirmou que o “forte também é bonito”, mas que os padrões de beleza ainda são barreiras para os diferentes tipos de pessoas.

“Honestamente eu nunca pensei que eu pudesse ter um espaço em Hollywood”, disse a atriz de 28 anos com participações em Mulher Maravilha e Liga da Justiça. “Eu definitivamente tinha o físico mais definido, era notável uma atleta de crossfit entre outras estrelas. Me senti insegura em alguns momentos quando ouvia: ah, ela toma esteróides”, complementou.

A vergonha do corpo é algo que Brooke Ence combate desde criança. “Eu cresci sofrendo bullying por sempre uma garota forte. Coloquei na minha cabeça durante os filmes que eu não estaria ali se não me quisessem. Independentemente do que outras atrizes ou outras pessoas podem pensar, eu continuo aqui. Eles me contrataram mesmo assim”, disse.

 

 

Seu Instagram já passou de 900 mil seguidores mas ela segue combatendo os “haters” na internet. “Há pessoas ofendendo o corpo dos outros em qualquer lugar, inclusive nas redes sociais. E não só as mulheres fitness, mas as gordinhas, as magras, todas. Eles acham que suas opiniões importam o suficiente para sair espalhando pelo mundo”, afirmou.

Mesmo com algumas celebridades adotando o corpo musculoso, Brooke Ence não imagina diferentes tipos de corpos sendo mostrados na indústria do entretenimento. “As pessoas falam que o forte é o novo belo e eu acredito nisso, acho que eu posso fazer uma grande diferença para que homens e mulheres aceitem o nosso corpo”.

No final, Brooke concluiu dizendo que são as pessoas mais importantes da indústria do entretenimento que impedem as grandes mudanças de acontecerem.

“São essas pessoas que podem fazer a diferença na questão o padrão de beleza feminino, mas não fazem. Todo mundo está falando que o forte é lindo e ‘blá blá blá’, mas não vejo nenhuma pessoa desse tipo sendo escolhida nos testes. Eu devo pelo menos tentar, funcionando ou não, fazer alguma mudança positiva”, concluiu.