Sara Sigmundsdottir está fora do CrossFit Games 2018

Atualizado em 05 de agosto de 2018
Mais em CrossFit Games

As últimas provas do CrossFit Games 2018 aconteceram na noite deste sábado, dia 04 de agosto. Porém na terceira bateria da categoria feminina, um dos nomes mais conhecido da competição não foi anunciado. Momentos depois, a organização confirmou via Instagram que Sara Sigmundsdottir não tinha mais condições de seguir na competição.

Segundo o site BOXROX, a islandesa foi forçada a desistir do torneio por motivos médicos. Pouco depois, a atleta confirmou uma lesão na costela direita. Em sua quarta participação na história da competição, Sara buscava seu melhor resultado. Ela foi terceira colocada em 2015 e 2016 e quarta em 2017. Em enquete popular realizada no site oficial do CrossFit Games 2018, Sara Sigmundsdottir foi colocada como quinta atleta favorita pelo público entre as 40 que estão em Madison, nos EUA.

CrossFIt Games 2018 - Sara SIgmundsdottir Withdraw

Nome de Sara Sigmundsdottir não é anunciado na 3ª bateria da prova

 

“Eu nunca estive tão bem preparada fisicamente, mas logo no começo da competição minhas costelas ficaram muito doloridas e machucadas. Eu não quis acreditar e resisti. Na maratona de remo a dor passou logo após os 10 quilômetros, então pensei que não seria nada ruim. Claro que a dor piorou, e depois da prova de Clean anda Jerk os analgésicos viraram meus melhores amigos. Eu decidi continuar de todas as formas, mas no aquecimento para as últimas provas mas a dor tinha se tornado tão grande que eu não conseguia me curvar para fazer um Snatch ou completar um Bar Muscle-Up”, comentou no Instagram.

Em busca do posto de mulher mais bem condicionada do mundo em 2017, Sara Sigmundsdottir mudou-se da Europa para os EUA para treinar na academia de Rich Froning, tetracampeão e lenda do CrossFit Games. O resultado? Um quarto lugar, sua “pior” participação na história do torneio. Em 2018 a atleta de 25 anos voltou para Islândia, seu país de origem, tentando resgatar seus bons resultados.

No CrossFit Games 2018 Sara vinha tendo uma sequência de altos e baixos. Seus melhores resultados foram dois sextos lugares (Clean and Jerk e Fibonacci), mas teve uma prova entre as 20 piores atletas. Estava no momento na 11ª posição geral, com poucas chances de pódio.