Use a natação a seu favor e ganhe potência

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Treinamento

A natação é uma das modalidades mais bem indicadas para quem quer complementar os treinos de corrida. Ela pode ajudar o corredor de várias formas, uma vez que, quando combinadas, as duas atividades formam uma bela dupla para melhorar a aptidão cardiorrespiratória, prevenir lesões e sair da rotina (além do poder relaxante da água afastar problemas relacionados ao estresse).

Nadar, diferentemente de correr, permite um exercício cardiovascular intenso sem impacto, já que reduz os efeitos da gravidade sobre as estruturas ósseas e articulares, evitando impactos fortes, e ainda estimula o praticante a se esforçar para manter um padrão de coordenação durante a prática, variando intensidade, volume e tempo dos exercícios.

Apenas por esses benefícios já seria bom incluir o esporte na rotina de treinos. Mas, além disso, a respiração também tem grandes ganhos com a modalidade, já que na água você força seus pulmões e consegue manter uma respiração mais ritmada, o que também pode ser aplicado nas ruas. E não são apenas os pulmões que ganham potência: seu copo todo ficará mais forte para o trabalho das pernadas, fazendo com que você tenha maior equilíbrio muscular e corra ainda mais rápido e de forma eficiente.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  INVISTA NO DEEP RUNNING E GANHE RENDIMENTO
icon texto_menor  3 MANEIRAS DE DAR UM UP NOS TREINOS
icon texto_menor  5 ERROS DO CORREDOR EXPERIENTE

Outro ponto positivo: a natação ajuda na flexibilidade do corpo. Ao bater a perna, você força o tornozelo, tornando-o mais flexível e fortalecendo tendões e ligamentos que sustentam o movimento da passada. Isso porque, quem nada os quatro estilos (crawl, costas, peito e borboleta) trabalha todos os grupamentos musculares. E como a mecânica é completamente diferente nos dois esportes, você ganha em percepção corporal e espacial nas ruas.

(Fonte: Felipe Ohya Araujo, professor da Academia Gustavo Borges – Curitiba)