Recupere-se (bem) dos treinos intensos

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Treinamento

Uma das premissas básicas da corrida é correr bem e descansar melhor ainda. De nada adianta você querer correr sempre que possível pensando que vai ganhar rendimento se não der o devido descanso ao corpo.

É durante a recuperação que o seu corpo tem os benefícios do exercício que você acabou de fazer, porque é esse o momento em que as células musculares se regeneram.

Quando o treino é mais intenso essa pausa é ainda mais importante. Não corra no dia seguinte e, durante a semana posterior, faça treinos mais leves, para dar tempo suficiente para o seu organismo se reestruturar e ficar pronto para as novas estímulos.

No entanto, nesse intervalo não é preciso ficar parado. A melhor pedida é fazer a recuperação ativa, um método muito eficiente de reabilitar o organismo, após os mais variados tipos de treinos, desde os mais longos, até os mais fortes.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  ABDÔMEN: EXERCÍCIOS DE FORTALECIMENTO
icon texto_menor  A IMPORTÂNCIA DOS LONGÕES NOS TREINOS
icon texto_menor  TREINO DE FORÇA PARA GANHAR VELOCIDADE

O descanso recoloca o organismo em boas condições, mas sem perder o que já foi feito nos treinos intensos. E contribui para a absorção de ácido lático, que é o responsável por causar dores musculares após esse tipo de treinamento.

Para tanto, você pode apostar em treinos de musculação regenerativos, com intensidade mais baixa, para não sobrecarregar articulações, tendões e músculos, ou fazer o tal descanso ativo dentro d’água. Hidroginástica e natação são ótimas opções, mas sempre em um ritmo tranquilo, para não causar desgaste excessivo aos músculos que precisam ser regenerados.

(Fonte: Sergio Junior, professor da Bodytech Alphaville – São Paulo)