Posso caminhar durante a corrida?

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Treinamento

Certamente, alguma vez durante os seus treinos mais puxados já passou pela sua cabeça caminhar um pouco, quando você já não aguentava mais sustentar o ritmo imposto. No entanto, nesses casos, sempre surge a dúvida: andar é benéfico ou não durante a corrida? Fique tranquilo, caminhar durante treinos mais longos, e até mesmo em provas, é absolutamente normal.

leia-mais-cinza
icon texto_menor  17 QUESTÕES COMUNS SOBRE O INÍCIO NA CORRIDA
icon texto_menor  CORRA 3 KM COM UM MÊS DE TREINOS
icon texto_menor  6 MANEIRAS DE EVOLUIR NA CORRIDA

Alguns corredores associam, erroneamente, o andar à desistência em manter o ritmo puxado, pensando que se deve relutar ao máximo à prática, se rendendo apenas quando chega à fadiga extrema ou ao desconforto. No entanto, o exercício não pode se tornar um castigo. Esse ritmo mais suave pode ser parte de sua estratégia para corridas mais longas ou, até mesmo, em dias em que você não tem treino programado. Saiba que o andar tem movimentos importantes para manter o funcionamento metabólico do organismo, gerando um estado de bem estar físico e mental.

Não enxergue a caminhada como um fracasso. Por mais fácil que a corrida possa parecer, para algumas pessoas ela pode ser muito intensa. Por isso, para que você mude de opinião, reunimos alguns pontos que mostram como a caminhada pode ajudá-lo.

Ganho de resistência muscular
Caminhar ajuda a aumentar a sua resistência sem colocar tanta pressão sobre as articulações e os músculos como acontece na corrida. Atente-se, ainda, para o fato de que ela diminui o impacto nas articulações, ligamentos e tendões, sendo uma aliada em dias de treinos mais puxados.

Ajuda na recuperação
Use a caminhada como ferramenta de recuperação para conseguir treinar por mais tempo em cada sessão, alternando-a com a corrida. Fazer pausas é também uma estratégia inteligente para a construção da resistência e para melhorar o funcionamento do corpo.

Quebra a monotonia
Fazendo uma pausa curta você quebra com a monotonia durante um longo tempo correndo, o que pode ajudá-lo a lidar com os desafios mentais e qualquer desconforto que você possa estar sentindo.

Auxilia no aquecimento
Não há nada melhor para esquentar o corpo, e depois esfriá-lo, do que uma caminhada em ritmo intenso. Ela ajuda a preparar o corpo para o exercício que será feito.

Aliada na perda de peso
Para quem quer eliminar os quilinhos extras, o andar também ajuda o organismo a metabolizar gordura, favorecendo o emagrecimento. Como você manterá uma frequência cardíaca menor enquanto caminha, o seu corpo usa a gordura como energia, em lugar dos carboidratos.

(Sinara Guedes é professora da Branca Esportes Assessoria Esportiva – São Paulo)