Polimento, a chave para uma boa maratona

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Treinamento

Se você se encontra nos últimos meses de preparação para uma maratona, deve ter em conta o conceito de polimento. Caso não saiba do que se trata, vamos lhe dar uma ajuda.

Esse período se caracteriza por uma diminuição da carga de treinamento com a finalidade de obter benefícios em termos fisiológicos e mentais.

Três semanas antes da corrida:

Faça seu último treinamento de fundo umas três semanas antes da prova. Depois diminua a distância de seus treinos em 40%.

Nesse período que antecede a corrida é certo que você sentirá mais vontade de correr, produto da ansiedade que se sente quando se avizinham os 42km. Nesse momento, é recomendável ter em mente que menos é mais e que já é tarde para treinar o que não treinou nas semanas anteriores. Treinar com intensidade menor vai te ajudar a reduzir o risco de lesões e desgastar a musculatura. Ademais, seu tempo para descanso e recuperação vai aumentar.

 

 

Duas semanas antes:

A 15 dias antes da corrida é fundamental que você reduza a distância de seus treinos em 70%. Os corredores principiantes não devem participar de provas nesse período. Os que se situam em nível mais avançado e os que já correram maratona antes podem participar de uma prova de até 10km duas semanas antes da prova. Frise-se que o ritmo de prova não deve ser o de 100%. Não se esqueça de que uma maratona o aguarda!

É normal que, nessa etapa de treino, apareçam dores, já que seu corpo está cansado após vários meses de treinos. Tendo em vista a carga acumulada de treinos, é fundamental que aproveite esse período próximo à maratona para descansar.

O sono também é um aspecto fundamental. Não é necessário que durma mais, mas trate de dormir, pelo menos, oito horas por noite.

Mantenha uma boa alimentação. Respeite as quatro refeições. Evite as gorduras trans e o álcool.

 

Na semana anterior à maratona:

Diminua a quilometragem de treino a um terço do normal na semana que antecede a maratona. Ajude seus músculos a descansar. Não realize treinamentos na academia durante esses sete dias e em seu tempo livre relaxe e descanse suas pernas num almofadão.

Trabalhe sua preparação mental. Visualize a prova, pense em uma estratégia e converse com seu treinador para planificar uma meta de tempo para os 42k, e qual seria seu pace.

Submeta-se a uma dieta rica em hidratos de carbono. Acrescente pão integral e cereais aos teus cafés da manhã e lanches. Massa nas outras duas refeições. Na semana que antecede a maratona, de 65% a 70% de suas calorias devem ser provenientes de carboidratos. Evite as bebidas alcoólicas, que têm efeito desidratador e podem conturbar seu sono.

Não empreenda nenhuma atividade física na véspera e na antevéspera da prova. Algumas pessoas preferem descansar por dois dias antes da prova, enquanto alguns preferem antecipar em um dia esse período de descanso, reservando a véspera para um trote suave, de forma a descarregar tensões e descansar bem na última noite antes do grande dia.