Exercícios aumentam tolerância à dor

Atualizado em 20 de dezembro de 2017
Mais em Treinamento

É fato consumado que pessoas ativas são mais saudáveis e possuem mais disposição para as tarefas do dia a dia. Agora, um novo estudo sugere que praticar exercício físico, principalmente atividades aeróbicas, como a corrida, pode aumentar a tolerância à dor.

Publicado na Running Magazine, o estudo da US National Library of Medicine National Institutes of Health (Estados Unidos) foi dividido em três fases e recrutou 24 adultos jovens saudáveis​​ e sedentários, dos quais 12 manifestavam interesse em começar a prática de atividades físicas e outros 12 não planejavam começar a se exercitar.

Durante a primeira fase, os voluntários receberam estímulos de dor que só paravam quando eles se sentiam muito incomodados. Desta forma, foi possível mediar o limiar da dor em cada um deles. Na segunda fase do estudo, os 12 voluntários que mostravam interesse pela prática de exercícios começaram um programa de treinamento que incluía atividade física durante 30 minutos, três vezes por semana.

Por fim, na terceira fase, após seis semanas, o nível de tolerância à dor de todos os voluntários foi testado novamente. O grupo que não praticou atividade física não apresentou alterações em suas respostas à dor. Já os voluntários do outro grupo tiveram um grande aumento de sua capacidade de suportar o incômodo.

Com isso, os estudiosos concluíram que o cérebro de um indivíduo ativo consegue tolerar a dor por mais tempo. Ou seja, as quantidades moderadas de exercícios físicos (principalmente aeróbicos) podem mudar a percepção de dor de quem se exercita.