Melhore a postura e evite dor no ombro durante a corrida

Atualizado em 09 de dezembro de 2016
Mais em Treinamento

A maioria dos corredores teme lesões nos membros inferiores, responsáveis por maior parte do esforço durante treinos e provas. Mas é preciso tomar cuidado também com outras partes do corpo. Muitos atletas sentem dor no ombro ao correr, geralmente causada por má postura durante o exercício ou no dia a a dia.

Corrida
A dor na parte superior do ombro pode ser resultado da tensão muscular de quem corre com esta parte do corpo muito rígida. Por vezes, este esforço é decorrente da tentativa de deixar a coluna completamente ereta durante o exercício, o que pode atrapalhar a absorção do impacto pela musculatura do quadril.

“Vimos em resultados de estudos mais recentes que o ideal é projetar a coluna um pouco para a frente durante a corrida porque assim se diminui a sobrecarga nessa região. Quando você corre todo alinhado, tem que fazer muita força e isto pode estar relacionado com dores na parte superior”, explica o fisioterapeuta especialista em esporte André Nogueira Ferraz.

Além de projetar a coluna para a frente, é possível tentar relaxar a região dos ombros e pescoço durante alguns momentos da corrida para diminuir a incidência de dor. Trabalhar o fortalecimento muscular da região e o aumento da consciência corporal, com aulas de pilates, por exemplo, também é alternativa válida.

 

 

Cotidiano
Para evitar a dor no ombro durante a corrida é importante também corrigir a postura durante o dia a dia. As longas horas que a maioria das pessoas passa sentada no trabalho, muitas vezes ainda de forma inadequada, sobrecarregam a coluna. O uso excessivo de celulares e outros dispositivos eletrônicos é outro fator que agrava problemas na coluna cervical.

“Muitas vezes é a junção de fatores. A pessoa tem uma má postura durante todo o dia e sobrecarrega a região. Aí ela já está cansada e vai treinar. No dia seguinte acorda com dor, mas não necessariamente é por algo que fez na corrida. O problema todo está no conjunto da obra”, diz o fisioterapeuta, sócio-fundador da Club Físio.