ShutterstockFoto: Shutterstock

Para correr melhor, é importante presta atenção nas exigências do core

Atualizado em 17 de setembro de 2018
Mais em Performance

Quer correr melhor? Fique de olho no core! Responsável por manter o equilíbrio e dar sustentação à biomecânica da corrida, a região que envolve músculos das áreas abdominal, glúteo e lombar exige atenção especial. Acelerar o ritmo nos treinos, forçar em tiros e bater recordes acaba desgastando esses músculos estabilizadores.

Como a máquina precisa estar pronta para acelerar, a manutenção é fundamental. O triatleta profissional e treinador Fábio Carvalho, da FC Endurance, aconselha todo corredor a trabalhar a região, especialmente quem procura por performance: “Manter o core fortalecido vai permitir ao corredor treinar mais forte e com maior segurança, além de ter maior sustentação para que melhore a sua técnica de corrida e o desempenho”.

A seguir, alguns exercícios para ser trabalhados dentro e fora da academia e que vão ajudá-lo a obter bons resultados.

Academia para o core

Abdominal no bosu

Deite com as costas no aparelho, apoie os pés no chão e faça o abdominal.

O exercício utiliza a instabilidade do equipamento para ativar de forma eficaz a musculatura.

Superman no bosu

Apoie a barriga no bosu, estique as pernas e os braços e movimente-os para cima e para baixo de forma alternada. Trabalha o abdômen e a lombar.

Funcional para o core

Extensão de braços e pernas

Coloque os cotovelos e a ponta dos pés no chão e estique o corpo. Mantenha-o estático por cerca de 1 minuto.

Perdigueiro

Apoie as palmas das mãos e os joelhos no chão. Eleve uma das pernas esticando-a totalmente ao mesmo tempo que estende o braço oposto. Mantenha a posição e depois alterne o lado.