Corrida em diferentes terrenos ajuda no desenvolvimento do atleta

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Treinamento

Correr em diferentes terrenos faz parte da formação de um corredor. As dificuldades enfrentadas em pisos distintos ajudam os atletas a ficarem mais atentos durante o exercício, além de criar estímulos aos quais o corpo não está habituado. Isso auxilia no desenvolvimento dentro do esporte.

leia-mais-cinza
icon texto_menor  CONSELHOS PARA CORRER NA AREIA 
icon texto_menor  5 FATORES QUE INTENSIFICAM A SUA CORRIDA 

Asfalto/cimento/concreto
Os treinos do dia a dia podem ser realizados nesse terreno, já que é o mais acessível a todos os corredores. É importante controlar o volume,pois o impacto com o solo é grande nesse piso.

Grama
Correr nesse terreno é ótimo para os treinos regenerativos, visto que é mais macio do que o asfalto. Fique ligado nos buracos, que somem, dependendo da altura da grama, e podem ocasionar lesões.

Terra
A redução de impacto é grande, por isso, é o piso ideal para os treinamentos de volume. Assim como na grama, vale a atenção com os buracos pela terra.

Trilha/areia
É o terreno que mais exige do atleta. Deve ser usado apenas em treinamentos específicos, de preferência, passados por um educador físico (veja mais na reportagem Dica do Especialista: treine na areia). Corredores iniciantes devem evitar esse piso.

(Fonte: Leonardo Marmitt, diretor técnico da assessoria esportiva Just Run, em Florianópolis, Santa Catarina)