Como melhorar a performance nas corridas em trilhas

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Treinamento

Para ganhar maior resistência muscular e equilíbrio nas corridas em trilha, alguns exercícios dentro e fora da academia são essenciais

leia-mais-cinza
icon texto_menorQUER CORRER O REVEZAMENTO ILHABELA (SP)? ÚLTIMO DIA PARA PRÉ-INSCRIÇÕES

Na academia

Exercícios para os membros inferiores, como agachamento, afundo e cadeira extensora, que, além de fortalecerem as pernas, contribuem para o ganho de resistência muscular, são os mais indicados. Mas não se esqueça de focar também na musculatura superior, já que, apesar de as pernas serem as mais exigidas, costas, ombros e braços têm trabalho dobrado nesse tipo de prova, por conta dos equipamentos que o atleta carrega. A região do core — músculos da área abdominal e lombar que estabilizam e contribuem para uma boa postura — também deve ser trabalhada com exercícios específicos, como abdominais e elevação de quadril.

Educativos

Realizar exercícios educativos contribui, e muito, para o corredor que busca maior equilíbrio e economia de energia em corridas de trilha. Alguns exemplos que podem ser utilizados são o skipping (elevação alternada dos joelhos até a altura do quadril sem sair do lugar), o haupserlaufen (corrida alternando saltos, com elevação dos joelhos e trabalho dos braços) e o dribling (correr de forma rápida sem sair do lugar, elevando minimamente os pés e alternando os braços).

Escada acima

Correr subindo e descendo escadas também pode contribuir para o ganho de força e resistência. Esse treino, porém, exige muito da musculatura e o ideal é que seja feito por atletas mais experientes e sempre acompanhados de um treinador.

(Trecho extraído da matéria publicada pela Revista O2, edição 125, setembro de 2013)