Enfrente as ladeiras com tranquilidade

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Treinamento

É mais difícil para manter o ritmo e às vezes assusta quando é muito íngreme, mas os treinos em ladeira são essenciais para que você ganhe potência e rendimento na corrida de rua. Apostar em diferentes tipos de treinamentos faz com que o seu corpo fique diante de distintos estímulos e, assim, tenha força e resistência. E uma ótima pedida para isso é o treino em rampas.

Muitos corredores relutam quando têm pela frente uma bela subida. Mas os aclives não devem ser vistos como vilões. Pelo contrário, incluir treinos desse tipo na planilha é mais do que recomendável para aqueles que desejam melhorar nas provas. Isso porque, além de preparar o corredor para todas as adversidades existentes em uma corrida, os treinamentos em subidas são excelentes alternativas para o desenvolvimento de uma melhor base muscular dos membros inferiores.

E esse tipo de treino não é exclusividade dos atletas de elite. Os que estão dando os primeiros passos no esporte também podem encarar esses exercícios de escalada. Naturalmente, haverá diferenças no treino, dependendo do seu grau de experiência. Mas, inserir uma subidinha em seu cronograma fará com que o seu corpo se acostume, desde cedo, com o impacto diferente produzido pela elevação.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  POR QUE TREINAR SEM APETRECHOS TECH?
icon texto_menor  KETTLEBELL: ALIADO NO GANHO DE RENDIMENTO
icon texto_menor  RECUPERE-SE (BEM) DOS TREINOS INTENSOS

Pensando nisso, selecionamos os quatro pontos principais aos quais você deve estar atento para fazer treinos eficientes e seguros na ladeira.

1. É fundamental iniciar progressivamente o treino tanto na intensidade quanto na metragem e inclinação da ladeira. Assim é possível fortalecer a musculatura e aumentar o condicionamento físico.

2. O preparo físico também é essencial para o corredor, já você usa mais a parte anterior dos pés na passada e a musculatura de quadríceps e glúteos. Por isso, faça exercícios de fortalecimentos dessas regiões do corpo durante os seus treinos de musculação.

3. Na hora de enfrentar as ladeiras, mantenha a postura com cabeça e peito erguidos. O olhar tem que ser direcionado para frente, sem que você fique curvado ou olhando para os pés. Esteja focado no percurso a ser feito.

4. Nas descidas, corra sem muita intensidade, pois há risco de lesões quando o impacto nas articulações é muito grande. Lembre-se que é nos aclives que o corpo sofre com maior sobrecarga. Por isso, diminua o passo.

(Fonte: Vanuza Maciel, professora da Academia Gustavo Borges Barigui – Curitiba)