Calcule seu pace e supere suas metas

Atualizado em 17 de janeiro de 2017
Mais em Treinamento

A corrida está cada vez mais popularizada nas ruas, academias, parques e praias do Brasil. O esporte, porém, conta com um vocabulário específico que nem todos conhecem (veja nosso glossário na reportagem Be-a-bá do corredor). Uma das mais usadas – e que gera algumas dúvidas – é a palavra “pace”.

 

 

O que é o pace?
É o ritmo médio imposto em uma determinada distância. Por exemplo: se um atleta completou uma corrida de 5 km em 30 minutos, seu pace foi de 6 min/km.

Seu pace por quilômetro pode ter sido diferente: pode ter levado 7 minutos em um, 5 minutos em outro e 6 minutos nos demais.

Km 1 = 6 minutos = 6 min/km
Km 2 = 7 minutos = 7 min/km
Km 3 = 5 minutos = 5 min/km
Km 4 = 6 minutos = 6 min/km
Km 5 = 6 minutos = 6 min/km

Descobrir o pace por quilômetro ajuda o atleta a saber em que parte do treino ou da prova precisa melhorar para obter melhores resultados.

Como calcular
Divida os minutos gastos durante a atividade pelos quilômetros percorridos.
Exemplo:

Tempo de atividade: 30 min
Distância percorrida: 5 km
Pace: 30/5 = 6 min/km

Como marcar o pace
Cronômetro: com esse aparelho, o corredor pode marcar o tempo a cada vez que completa um quilômetro.
GPS: os relógios com localização por satélite – além dos aplicativos de smartphones – marcam o tempo para percorrer cada quilômetro. Alguns informam o pace sem a necessidade de fazer as contas.
Pedômetro: o calculo é mais difícil, pois o atleta precisa saber o tamanho de sua passada e, a partir da quantidade de passos que deu em um treino, fazer a conta para descobrir a distância percorrida.

Por que é importante saber o pace?
Descobrir o pace em uma prova ou nos treinos – tanto o médio, quanto o por quilômetro – ajuda o atleta e identificar onde ele precisa melhorar. Se o trajeto de uma corrida já conhecido, o atleta pode planejar qual vai ser o pace imposto em cada quilômetro para bater uma marca, por exemplo.

Além disso, marcando o quanto leva para percorrer cada quilômetro (em média), o corredor é capaz de saber como deve se portar na prova para que não tenha problemas. Dessa forma, o objetivo imposto será possível de ser cumprido.

Fatores externos
Meteorologia, tipo de piso e altimetria podem influenciar no pace. Durante uma prova, por exemplo, em um quilômetro onde há uma subida, a tendência é que o atleta demore um pouco mais para completar.

Utilize o calculo em um mesmo percurso. Durante um mês, faça os treinos seguindo um mesmo trajeto. Dessa forma, a comparação dos quilômetros será justa.

Veja as calculadoras de performance que podem te ajudar!

Fonte: Camilo Geraldi, diretor técnico da assessoria esportiva Cogtri Sports, em Belo Horizonte (MG)