7 ferramentas e práticas para prevenir lesões

Atualizado em 20 de dezembro de 2017
Mais em Treinamento

Dores, inflamações e machucados fazem parte da vida do atleta. Mas existe uma série de ferramentas no mercado esportivo que você pode usar a seu favor, para evitar que esses problemas apareçam durante os treinos e as provas. Elas vão desde produtos que aliviam a dor, até aqueles que previnem as lesões. Fato é que são ótimas amigas para quem pratica esporte.

Sentir dor não é normal, para quem corre. Mesmo assim, diversos atletas preferem sentir os incômodos durante a prática a abandonar os treinos. Se este é o seu caso, saiba que os sete instrumentos, a seguir, podem ser auxiliar na prevenção dos machucados.

1. Joelheira

Existem diversos tipos de joelheira que podem ser encontrados no mercado, todas com funções diferentes. Se você tem tendinite nos joelhos, por exemplo, o mais indicado é que você opte pela joelheira compressiva, que ajuda a absorver o excesso de líquido na região. Para aqueles que têm problemas na patela, a melhor opção é aquela joelheira com um orifício no meio. Ela evita a luxação e ajuda no deslizamento da patela. Existem, ainda, as tiras sub-patelares, que aliviam a tensão sofrida pelo tendão patelar.

 

 

2. Rolos de espuma

Não tem nada melhor do que as massagens pós-treino. Saiba que usando o peso do seu corpo e um rolo de espuma, você pode realizar uma auto-massagem que oferece benefícios semelhantes aos da massagem profunda, como alongamento dos músculos e tendões. Isso diminui a tensão muscular, acalma as dores e ainda aumenta o fluxo sanguíneo e a circulação para os tecidos musculares.

3. Minibolas de massagem

Outra boa alternativa para as massagens são as bolinhas, que podem ajudar a reduzir a tensão e a aumentar a circulação. São perfeitas para as costas, os pés ou lugares menores que estejam tensionados. Você pode usá-las para relaxar os músculos doloridos e tensos, após treinos fortes e longos.

4. Compressa de gelo

A técnica é conhecida como crioterapia e tem como função a recuperação, após um treino ou uma prova intensa. Com o grande desgaste físico, o atleta sofre algumas minilesões musculares e, com a aplicação de gelo, essa recuperação é muito mais rápida.

5. Kinesio Taping

Criada pelo médico japonês, Kenzo Kase, o Kinesio ficou famoso quando começou a ser usado por atletas em competições internacionais. Durante e após a prática esportiva, a fita pode ser usada com o intuito de tratar lesões agudas ou crônicas, promovendo o recrutamento ou inibição muscular, correções posicionais articulares e posturais.

6. Vaselina

Este lubrificante pode ajudar a prevenir diferentes tipos de lesões, sobretudo àquelas relacionadas com o atrito entre roupas esportivas e pele. Por isso, leve a vaselina na sua mochila de treinamento.

7. Track my Shoes

Aposentar um tênis é muito difícil para alguns atletas. Em algum momento, porém, o adeus é inevitável, pois tênis velho causa lesões. Para saber quando você deve fazer a troca, o aplicativo Track my Shoes pode ser muito útil. Fácil de usar, ele se conecta com as redes sociais e dá ao corredor a oportunidade de cadastrar todos os seus tênis. Com eles registrados no aplicativo, você pode criar uma planilha virtual para descrever o local do treino ou da prova, a data e a quilometragem percorrida. Feito isso, um gráfico mostrará o quanto o seu tênis já foi utilizado.