6 dicas para correr em trilhas

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Treinamento

Você pode querer novos desafios dentro da corrida e começar a fletar com o mundo do trail run. E tem boas razões para isso. O contato direto com a natureza e as adversidades do terreno são alguns dos chamarizes. Mas essa mudançarequer alguns cuidados. Veja seis dicas que deixarão você mais preparado para iniciar nessa modalidade de corrida e encarar o novo desafio sem surpresas.

leia-mais-cinza
icon texto_menor  COMO MELHORAR A PERFORMANCE NAS CORRIDAS DE MONTANHA
icon texto_menor  COMECE A CORRER NAS TRILHAS
icon texto_menor  ESCAPE TRAIL RUN: VEJA TAMBÉM AS PLANILHAS DE TREINAMENTO

1 – Primeiros passos
Por mais experiente que você seja, é importante procurar uma assessoria esportiva que trabalhe com trail run. As técnicas utilizadas no asfalto nem sempre são úteis entre pedras, galhos, lama e outras adversidades. Além disso, o treinamento é diferente daquele direcionado às ruas.

2 – Treinos puxados
Como não é tão simples encontrar trilhas para treinar durante a semana, você pode incluir rotinas em subidas e descidas (escadas também vale) para ganhar condicionamento. Aos finais de semana, opte por esse treino em pisos irregulares – vale (até) a areia da praia, florestas e trilhas. É importante focar, também, em treinamentos no terreno predominante na prova escolhida. A musculação é outro ponto fundamental – principalmente, dos membros superiores, que costumam ser mais exigidos no trail run. É recomendado, pelo menos, duas vezes por semana.

3 – Estreia
Para fazer sua primeira prova em trilhas, é aconselhável começar leve, com provas, por exemplo, de 6 km. Há uma grande variedade de opções de distância, que vão de 12 km a até 100 km. Vale lembrar que as corridas de trilha, aventura ou montanha são diferentes.

4 – Mudança de pensamento
Ao ingressar no mundo do trail run, é preciso mudar um pouco o pensamento. É normal andar, trotar e correr em um mesmo quilômetro em uma prova de trilha. Com uma boa orientação profissional, você acaba por absorver esse pensamento e, assim, progride na modalidade.

5 – Preparação
A adaptação completa de um corredor para o trail run pode variar, mas dura, em média, seis meses com uma rotina de treinamento específica.

6 – Equipamentos indispensáveis 
Diferente da corrida de rua, onde apenas calçar o tênis e vestir uma roupa confortável é necessário, alguns itens são fundamentais para o novo desafio. Os tênis, por exemplo, têm o solado diferente dos tradicionais modelos de corrida.

(Fontes: José Virgínio de Morais, diretor técnico da JVM Trail Run, de São Paulo; Nelson Evêncio, diretor técnico da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva, em São Paulo)