YoutubeFoto: Youtube

Feyisa Lilesa se reencontra com sua família

Atualizado em 30 de maio de 2017
Mais em Notícias

Após ficar famoso pelo seu protesto político durante as Olimpíadas do Rio 2016, o medalhista etíope Feyisa Lilesa conseguiu se reunir com sua família pela primeira vez desde que pediu exílio. Fazia pelo menos seis meses que ele não via sua esposa e dois filhos. O reencontro aconteceu no aeroporto de Miami, nos Estados Unidos, onde o atleta tem vivido.

Ao cruzar a linha de chegada da maratona na segunda colocação, Feyisa cruzou os punhos sobre a cabeça em protesto contra a violência que seu povo de Oromia tem sido submetido pelo governo da Etiópia. Com medo de ser morto caso voltasse para o seu país, ele pediu asilo ao Brasil e depois aos Estados Unidos.

 

 

“O meu maior presente é ver a minha família de novo, tudo tem sido muito difícil. Minha mente estava muito ocupada com o que estava acontecendo com a minha família e na Etiópia, com o meu povo. Isso está constantemente em minha mente, enquanto estou correndo ou dormindo”, disse o maratonista à NBC.

Feyisa Lilesa, que foi medalhista de prata nos Jogos Rio 2016, se prepara agora para disputar a Maratona de Londres, que acontece dia 23 de abril. “Ninguém constrói uma família para ir para o exílio, mas, infelizmente, este tornou-se o meu destino e o de muitos outros Oromo. Não quero seja esquecida a situação de milhões de pessoas do meu povo e de outros etíopes que ainda estão sendo mortos, espancados, presos e mantidos na pobreza”.

 

Esta matéria foi publicada no site Activo Argentina