Tênis: manual de limpeza

Atualizado em 26 de abril de 2016
Mais em Papo de Corrida

100% seco
Após cada treino, deixe o tênis em área ventilada e à sombra, com o solado para baixo. Só não tente acelerar o processo com secador de cabelo, na secadora de roupas ou diretamente no sol, para evitar deformação e ressecamento de espumas e borrachas. O calçado úmido se deteriora mais rápido, até porque suor tem potencial corrosivo.

Trato sem água
Se você correu na chuva ou na areia e grama úmida, limpe seu tênis com uma escova macia. O processo de esfregar, molhar, secar e torcer pode prejudicar o cabedal e o sistema de amortecimento. Prefira um pano úmido no cabedal (dentro e fora) e escova com água e sabão neutro na sola. A palmilha e o cadarço podem ir ao tanque.

Limpeza geral
Se faltar tempo, leve seu tênis à máquina numa bolsa especial, feita em poliéster resinado furado e revestida internamente com escovas. Evite artigos de limpeza, como sabão em pó, amaciantes e alvejantes, que podem reduzir sua vida útil. Deixar de molho nem pensar. No máximo, passe-o por baixo de água corrente.

Direto na máquina
Tenha sempre mais de um par de tênis disponível. A vantagem de não ser fiel a um único modelo é não ter de ficar em casa durante as 24 horas mínimas de descanso do tênis. Esse tempo é necessário para que a borracha da sola volte ao tamanho original e o calçado recupere suas propriedades de amortecimento.