Estratégias para fazer da corrida uma prioridade

Atualizado em 26 de abril de 2016
Mais em Papo de Corrida

Não tem fórmula mágica: se você quer se dar bem na corrida de rua, melhorar a performance e baixar os tempos, é preciso se dedicar aos treinos com regularidade. Correr pelo menos três ou quatro vezes na semana é condição para que a evolução nas passadas seja percebida.

É claro que nos dias de hoje é complicado manter uma rotina de treinos adequada, visto que os compromissos de trabalho e com a família e amigos sempre são um pretexto para deixar aquele treino mais puxado para outro dia. Mas não deixe que as desculpas fiquem no caminho da sua corrida. Para ter sucesso é necessário ter prioridades.

É preciso estar ciente de que pode haver momentos em que sua motivação faltará. E nesses instantes é preciso ter estratégias para obter incentivo. Coloque a corrida em primeiro lugar pensando no quanto ela faz bem para a sua saúde física e mental.

leia-mais-cinza
icon texto_menor  7 DICAS PARA CORRER COM UM PARCEIRO
icon texto_menor  10 MANEIRAS DE (CONSEGUIR) TREINAR COM REGULARIDADE
icon texto_menor  ATALHOS QUE NÃO TE LEVAM A BONS RESULTADOS

A seguir, listamos alguns truques bacanas para que você não fique com preguiça de treinar e tenha a corrida como prioridade nos seus dias.

– Uma ótima estratégia é se inscrever para uma corrida de rua, pois o seu comprometimento será maior. Com isso, você sabe que se não treinar corretamente, manter a frequência cardíaca e melhorar o seu ritmo será muito mais difícil.

– Outra boa pedida é colocar metas para os seus treinos. Por exemplo, se hoje você corre 5 km em 35 min, estabeleça o objetivo de reduzir este tempo para 33 min, 32 min e, assim, sucessivamente. Sem metas e sem propósitos fica muito mais difícil ter pique para correr. E se não treinar com frequência você não atingirá seus objetivos.

– Por que não planejar as férias incluindo uma corrida num lugar diferente? Observe o calendário de corridas e tente conciliar a data e o local com os seus dias de descanso. Com certeza essa é uma ótima estratégia para manter os treinos em dia. Novos desafios são uma boa ferramenta nesses casos.

– Faça uma planilha estipulando previamente quantos quilômetros você deverá percorrer em 30 dias. Coloque metas que você consiga atingir e que não sejam excessivas para o seu condicionamento.
De preferência, faça um quadro com a planilha. Quanto mais visível ela ficar, melhor. Cada anotação é um estímulo novo. Com o quadro, mesmo um treino curto de intensidade moderada é válido para pontuar quilômetros percorridos. Não tem desculpa.
E a regularidade nos treinos, aqui, é mais do que essencial. Isso porque se você deixar os treinos de lado, terá de correr mais lá na frente. E caso deixe para a última hora ficará mais difícil atingir a meta.

– Se você está sem tempo, faça um treino curto, porém mais intenso, o que irá auxiliar no ganho de condicionamento cardiorrespiratório, na perda de peso, além der ser motivador e exaustivo. Outra alternativa é fracionar o treino. Se você tem 20 minutos de manhã e 20 minutos à noite, é válido fazer dois períodos de corrida. É melhor um treino curto bem feito do que passar horas num treino sem perspectiva e sem variação.

(Fonte: Vanessa Delavy, líder do grupo de corridas das unidades da Cia Athletica de São Paulo)