Como manter a rotina de treino no fim de ano?

Atualizado em 26 de abril de 2016
Mais em Papo de Corrida

Com o final do ano se aproximando, os momentos de confraternização aumentam: festas na empresa, encontros com os amigos, happy hour com os colegas e os compromissos familiares. Neste período, é comum sentir aquela vontade de se entregar as tentações e à temporada de descanso (e comilança) é tentadora.

É comum sentirmos preguiça ou não conseguirmos resistir a estas tentações, tanto em relação à alimentação como nos treinos. Mas, você precisa visualizar todo o seu trabalho e rotina de treinamento durante os outros meses do ano, a fim de não colocar todo o seu esforço em risco.

Por isso, é importante que você saiba que é possível ter bons momentos de final de ano sem deixar a peteca cair. Você pode (e até deve!) relaxar e diminuir o ritmo nesses dias, mas não totalmente. Veja dicas para não deixar o treinamento de lado:

Escolha locais perto de casa
Caso o seu problema seja a preguiça de correr longe de casa, escolha locais de fácil acesso e mais perto de você. Com isso, você evita o desgaste do deslocamento e fica mais próximo da sua casa, o que é muito mais animador.

Faça treinos com seus amigos
Correr em grupo ou acompanhado de algum amigo pode ser o fator decisivo para você não deixar a rotina de treinamento de lado, pois a companhia de outro corredor pode ser um estímulo para a sua disciplina. Esse é o vínculo certeiro com o compromisso da corrida.

Comece a traçar suas próximas metas
Se você não tem nenhuma prova muito próxima ou quer melhorar seu desempenho, comece a planejar seu calendário do próximo ano. Com isso, você se sentirá mais motivado e terá um animo a mais para levantar do sofá e continuar (ou recomeçar) seu treinamento. Independente do seu objetivo tenha em mente que você precisará de um bom condicionamento, resistência e força para enfrentar os próximos desafios. Então, aproveite esses dias para fazer suas escolhas.

Corra sem relógio
O ano acabou e você pode relaxar em relação à quebra de tempos e de recordes. Para ajudar a relaxar e manter-se motivado na corrida, escolha um dia para correr sem se preocupar com o tempo. Deixe o relógio em casa e aproveite para curtir o momento da corrida. Mantenha o condicionamento físico sem neura e livre-se da pressão que o relógio pode fazer em sua mente. Se estiver viajando, aproveite para conhecer os lugares correndo.

Saia da rotina
Se a ideia é não se esforçar muito e aproveitar o final de ano para descansar, tudo bem: você pode optar por outras atividades físicas para manter-se ativo. Que tal partida de tênis ou uma aula de dança para espairecer? O que importa é não parar de se exercitar e não perder o condicionamento adquirido ao longo do ano.

(Fonte: Gérson Marques, professor e preparador físico da UNIMESP-SP)