Vibram: família de Bikila processa marca

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Os últimos tempos não têm sido fáceis para a Vibram, marca que vende os famosos calçados minimalistas que imitam uma meia. Depois de a marca italiana receber processo de consumidores por fazer propaganda considerada enganosa com o apelo aos benefícios provenientes do uso do FiveFingers (que não foram comprovados), agora a marca corre o risco de ter de pagar uma alta quantia ao filho de Abebe Bikila, maratonista etíope e medalhista olímpico.

Terefi Bikila, filho do atleta, exige indenização de 15 milhões de dólares pelo uso indevido do nome de seu pai em um dos pisantes da marca. Atleta imortalizado no Hall da Fama do atletismo, Bikila ficou conhecido no meio das corridas por ter vencido os Jogos Olímpicos de Roma de 1960 correndo descalço. Por conta disso, a Vibram achou conveniente usar seu sobrenome em um de seus calçados minimalistas, já que sua proposta está ligada justamente ao correr descalço. Mas não consultou a família do corredor para pedir permissão.

Agora o caso está nos tribunais, causando nova dor de cabeça para os advogados da marca.

(Fonte: atletas.info, site parceiro na Argentina)