Ter inchaço nas pernas é normal?

Atualizado em 21 de dezembro de 2017
Mais em Notícias

Pode ser pelo tempo mais quente, pela má circulação, por causa de alterações hormonais ou, até mesmo, por conta de um longo dia de trabalho seguido do treino de corrida. Mas, se as pernas ficam inchadas e doloridas, você deve ficar atento, já que isso pode ser sinal de que algo anda errado.

O aparecimento constante do inchaço nas pernas, às vezes, mostra algo mais grave, como falhas na circulação ou insuficiência venosa. E, é claro, a sensação ruim que o tal inchaço traz acaba atrapalhando os treinos nas ruas.

Para que você se livre disso, é possível algumas estratégias que ajudam a manter as pernas livres do problema. Mais: por você ser corredor, ainda leva vantagem, já que a simples falta de movimento é um dos motivos que levam as pernas a ficarem mais rechonchudas.

1. Mexa-se. Quanto mais, melhor! A prática da corrida, feita regularmente, ajuda (e muito!) a circulação. Mesmo que só sobre na agenda 30 minutos, três vezes na semana, já está valendo.

2. Se você trabalha sentado e fica longos períodos sem levantar, tome cuidado. É preciso dar uma voltinha de hora em hora para ativar a circulação.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  USE A CORRIDA NO COMBATE AO ESTRESSE
icon texto_menor  DÊ UM UP NA IMUNIDADE COM A CORRIDA
icon texto_menor  DEIXE AS LESÕES BEM LONGE DE VOCÊ

3. O contrário também acontece. Aqueles que trabalham em pé por muito tempo precisam se precaver. Uma boa medida é usar meias elásticas (ou as de compressão que você usa nas corridas). Mas, isso apenas para quem não tem contraindicação ao uso do acessório.

4. Depois do treino, na hora de relaxar em casa, eleve os pés. Para isso, você pode usar um travesseiro, por exemplo. Assim o retorno venoso é facilitado e ajuda a diminuir o inchaço nas pernas.

(Fonte: Caio Focássio, cirurgião vascular membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e médico assistente da Cirurgia Vascular da Santa Casa de São Paulo)