Rio de Janeiro se despede da City Walk

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Depois de agitar os cariocas com zumba, pilatas e check-up clínico, no sábado (22), a City Walk voltou à espantar a preguiça dos oito mil inscritos, na manhã deste domingo (23). Também no Rio de Janeiro, os participantes puderam caminhar 3,5 km para afastar de vez o sedentarismo e promover a importância da atividade física na rotina.

leia-mais-cinza
icon texto_menor VEJA COMO FOI O PRIMEIRO DIA DA CITY WALK NO RJ

Assim como muitos, o aposentado José Luiz Gomes da Costa, de 63 anos, acordou cedo mais uma vez para caminhar o percurso da prova. “Esse tipo de evento é muito importante para as pessoas, principalmente para os idosos, porque é um meio de nos livrar da preguiça e dos maus hábitos”, explica o aposentado.

“Hoje participei com a minha esposa, que no ano passado também participou comigo. Fizemos, além do check-up e das aulas de dança, uma boa caminhada. Nem vi o tempo passar. Foi tudo muito gostoso”, ressalta José Luiz.

Outro que começou o domingo com caminhada foi o publicitário João das Neves Bastos, de 43 anos, que destacou a importância de acordar cedo e colocar em prática alguma atividade física. “A City Walk é uma boa pedida para aqueles preguiçosos no domingo, pois é uma caminhada que passa tão rápido que não faz mal a ninguém… muito pelo contrário, faz tão bem que fica com um gostinho de ‘quero mais’”, comenta o publicitário.

“Eu pratico natação e gosto bastante. As vezes me arrisco a correr, mas não muito, porque sinto muitas dores no joelho. Por isso, quis investir na caminhada hoje para me motivar e tentar ir além do meu limite. Quero muito participar de uma prova de corrida algum dia”, enfatiza João das Neves.

Já para a animada Camila Moreira de Castro, de 32 anos, usou a City Walk para incentivar sua filha Carolina (12) a ter gosto por hábitos saudáveis. “Eu sou corredora e maratonista há muitos anos, mas nunca tive a oportunidade de fazer com que a Carol participasse de algo comigo. E isso foi muito gostoso, já que caminhamos lado a lado o tempo inteiro”, comemora a engenheira.

“Além disso, a prova é fundamental para incentivar as pessoas a largarem o sofá para se exercitar e ter hábitos saudáveis. Uma boa caminhada para começar o domingo, já que me sinto relaxada e muito feliz”, finaliza Camila.

Pra encerrar o ano, a City Walk volta a acontecer nos dias 29 e 30 de novembro, em São Paulo.

icone-foto
[nggallery id=94]