Foto: Shutterstock.

Corredor percorre 2700 km em rota irlandesa

Atualizado em 20 de setembro de 2016

O ultramaratonista Tom Reynolds, de 46 anos, tornou-se o primeiro a correr todo o percurso de 2700 km da Wild Atlantic Way. Situada na Irlanda, a rota é considerada a maior estrada costal do mundo. Para conseguir o feito, o atleta precisou correr quase que duas maratonas por dia ao longo de 35 dias. A aventura começou no dia 22 de julho e terminou na última sexta-feira, dia 26 de agosto.

Durante a primeira parte da jornada, ele teve a companhia da corredora Lillian Deegan, que sofreu algumas lesões logo no início do trajeto e, portanto, ainda tenta completar o percurso. Durante toda a jornada, ambos contaram com a ajuda da população local, que ofereceram abrigo, bebida, alimento, fisioterapia e, claro, companhia. Os dois estão arrecadando dinheiro para instituições de caridade do país.

Quando era adolescente, Tom participava da equipe de atletismo do colégio, tendo retornado ao esporte apenas alguns anos atrás, aos quarenta anos de idade. Em 2015, ele participou da famosa Marathon des Sables (Maratona das Areias), na qual se percorrer 250 km no Deserto do Sahara em seis etapas.

“Tenho que dizer que fiquei impressionado com a Wild Atlantic Way”, disse o atleta depois que completou o trajeto. “Conheci partes realmente muito bonitas que eu nem sabia que existiam”. Mais informações e fotos sobre esta aventura estão sendo compartilhadas na página do Facebook da dupla.