Que tal correr na pista de atletismo do Pacaembu?

Atualizado em 07 de outubro de 2016
Mais em Notícias

Quem treina em parques, seguindo uma planilha, às vezes “apanha” para decorar a metragem de determinados percursos. Raros são os locais devidamente marcados, que permitem ao corredor concentrar-se apenas no seu ritmo. Em São Paulo, um desses lugares é a pista do Pacaembu, com 400m devidamente aferidos, em torno do gramado.

A pista está longe de seus melhores dias. O piso de concreto não é muito amigo das suas articulações e as marcações das raias só existem em fotos antigas. Em 1963, o Pacaembu recebeu a cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos e as provas de atletismo em sua pista, então com piso de carvão.

Antes, em 54, esse modesto piso recebeu sua mais nobre visita: o mito Emil Zatopek, que venceu a São Silvestre de 53 e permaneceu mais dez dias na capital paulista. No transcorrer desse período, participou da “Competição Internacional de Provas de Fundo”. Obviamente, venceu com facilidade a prova de 10.000m (em 30min01s).

Quem quiser fazer suas caminhadas e treinos de corrida na pista do Pacaembu deve se dirigir ao portão 23 do Estádio, na Rua Capivari (sem número) de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h45, levando uma cópia do RG, outra de um comprovante de residência e uma foto 2×2 (é necessário residir em São Paulo).

 

 

Algumas assessorias, como a Pacefit, orientam seus alunos no velho estádio. Segundo o treinador Darlan Duarte, há outras duas opções de percurso, além daquele de 400m, que contorna o campo: um de 600m, que contorna também o Tobogã, e aquele que inclui uma volta pela piscina (que, aliás, recebeu as provas de natação do Pan de 63): 900m.

A pista fica aberta das 6h às 22h. Fique atento aos dias de jogos e de outros eventos. O acesso é fechado seis horas antes do início das partidas. Quem necessitar de maiores informações deve telefonar para (11) 3664-4663.