Paulo Roberto faz índice para o Rio 2016

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Notícias

A corrida olímpica ganhou mais um concorrente de peso na disputa por uma das seis vagas (três no feminino e três no masculino) do Brasil na maratona do Rio 2016. O paulista Paulo Roberto de Almeida chegou em 6º lugar na Maratona de Fukuoka, no Japão, no fim de semana, com o tempo de 2h11min02. O tempo conquistado pelo maratonista brasileiro está abaixo dos 2h17min, o índice exigido pela  Federação Internacional de Atletismo  (IAAF)  para os atletas carimbarem uma vaga para as Olimpíadas.

O vencedor da Maratona de Fukuoka foi o queniano e ex-recordista mundial Patrick Makau, com 2h08min18s. O segundo foi o etíope Getu Feleke, com 2h08min31s. O terceiro, Satoru Sasaki, do Japão, com 2h08min56s. O quarto, Bernard Koech, do Quênia, com 2h09min43s. O quinto, Chiaharu Takada, com 2h10min55s.

leia-mais-cinza
iconezinho MARATONA: QUATRO PERGUNTAS PARA PAULO ROBERTO
iconezinho RIO 2016: VALÉRIO E MARILY CONSEGUEM ÍNDICE 

Com a performance no Japão, Paulo Roberto chegou à vice-liderança do ranking para o Rio 2016, só atrás de Marílson Gomes dos Santos, que cravou 2h11min na Maratona de Hamburgo. Os outros postulantes às vagas são Solonei Rocha da Silva (2h13min15s, em Milão), Franck Caldeira (2h16min35s, em Frankfurt), Gilberto Lopes (2h16min39s, em Milão) e Edson Amaro dos Santos (2h16min51s, no Rio de Janeiro). O ranking final dos classificados só será definido no dia 6 de maio.

Mesmo próximo de garantir a sua segunda participação em Olimpíadas, Paulo Roberto anunciou que deve correr mais uma maratona até abril de 2016, para tentar baixar o tempo de Fukuoka. Nos Jogos de Londres, o maratonista brasileiro foi o 8º melhor.

Em junho, em uma entrevista para a O2, Paulo Roberto  contou que disputou sua primeira prova descalço e que sempre foi “vagabundo para treinar”, até resolver fazer a primeira maratona em 2012, quando conquistou índice olímpico para Londres.