Patagônia: mulheres desbancam homens

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

A Patagônia Run é uma das provas de corrida de montanha mais famosas entre os apaixonados por passadas. E este ano ela vem surpreendendo pelo número de corredoras que vão disputar a competição. As inscrições ainda estão abertas, já que a prova só rola no dia 11 de abril, mas até agora as mulheres vêm desbancando os homens e representam 60% dos inscritos.

Esta é a sexta edição da prova, que leva os corredores a um dos lugares mais bonitos da Argentina, San Martin de Los Andes. Pelo cenário encantador não é de se espantar que a prova tenha cada dia mais corredores.  E essa ainda é uma corrida de aventura individual, com seis opções de distância: 10, 21, 42, 70, 100 e 120 km. A prova tem diferentes graus de dificuldade ao longo do caminho, com desníveis e terrenos irregulares, porém, com um visual paradisíaco.

Para se sair bem no percruso é preciso conciliar o treino, a alimentação e o descanso. Esses três itens são primordiais para um preparo saudável. O treino geral e específico vai fortalecer os músculos e auxiliar na corrida, a alimentação deve ter um cardápio balanceado que vai repor todos os nutrientes do corpo, e o descanso, muito importante para uma recuperação muscular, diminui também o limiar de lesão nos treinos e na prova.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  NOIVAS NA CORRIDA PARA O ALTAR
icon texto_menor  MARATONA DE NY: LOTERIA COMEÇA NA 5ªF
icon texto_menor  LONDRES: RADCLIFFE SE APOSENTA NA MARATONA

Casos reais
Dentre as corredoras já inscritas está a engenheira Natália Akemi Narimatu, de 26 anos. Este será seu segundo ano consecutivo na Patagônia Run, sendo que em 2014 a prova marcou sua primeira competição internacional e sua estreia nos 21 km e em corridas de montanha. “A prova me encantou pelo visual, organização e clima superacolhedor da equipe organizadora e dos participantes. O incentivo da torcida, tanto de quem participa como dos moradores e turistas da região é emocionante”, revela.

Em tempo: no Brasil a responsável pelos pacotes da prova, com saída no dia 9 de abril, é a Freeway Sports.

(Fontes: Luiz Fernando Zilli Lo Presti, assessor esportivo técnico e especialista em corridas de montanhas, e Freeway Sports).