O hábito de correr mantém você jovem

Atualizado em 22 de dezembro de 2017
Mais em Notícias

Todos iremos envelhecer e o grande desafio é chegar à velhice com saúde, qualidade de vida e independência, principalmente. E a corrida pode te ajudar nisso. Segundo um estudo recente feito com idosos, que analisou o consumo de energia do corpo humano durante o exercício, aqueles que tinham o hábito de correr durante a vida tiveram melhor consumo energético durante uma caminhada do que idosos que apenas caminhavam. A conclusão do estudo: correr mantém você jovem na velhice.

Quando envelhecemos começamos a perder o equilíbrio, a cognição e a capacidade de se movimentar não é mais a mesma. Alguns testes mostram como está a capacidade de autonomia do corpo, e a caminhada é um destes indicadores. Não é que a corrida seja um elixir da juventude, mas correr mantém você jovem se isso for um hábito cultivado por toda a vida.

Publicado no site  PLos One,  o estudo analisou 30 pessoas na faixa etária dos 70 anos, que correram durante décadas regularmente em comparação com idosos que apenas caminhavam. Os pesquisadores perceberam que as pessoas mais velhas que tinham praticado a corrida mantiveram uma eficiência energética parecida com as de pessoas sedentárias de 20 anos, além de renderem energeticamente durante a caminhada até 10% a mais do que os idosos caminhantes.

 

leiamais-cinza-novo

icon texto_menor MUSCULAÇÃO E CORRIDA: RAZÕES PARA FORTALECER
icon texto_menor 6 BENEFÍCIOS DA CORRIDA PARA A SAÚDE FEMININA

 

Correr mantém você jovem a partir do momento em que é um hábito de vida. Ficamos mais ativos, evitamos doenças e executamos tarefas diárias com menor consumo energético; ficamos mais dinâmicos, vivazes e mais produtivos também. Segundo o autor da pesquisa, a mensagem final é que a prática regular da corrida permite – com o avanço da idade – permite que pessoas idosas sejam mais independentes e tenham qualidade de vida por mais tempo.

O estudo ainda destaca que caminhar como exercício continua sendo muito benéfico, por exemplo, para evitar doenças cardiovasculares. Mas os pesquisadores não conseguiram descobrir por que os corredores são mais eficientes e por que essa eficiência é mantida com o passar dos anos.

 

Musculação também é aliada

Outros exercícios também são tão benéficos quanto correr. Estudo publicado no  Journal of Applied Physiology  demonstrou que, graças a um treino de força muscular com máquinas semelhantes às de qualquer academia, pessoas na casa dos 90 anos com mobilidade limitada e deterioração cognitiva reduziram significativamente o risco de quedas e melhoraram a capacidade para se movimentar, levantar sozinhos e outras funções básicas motoras. Esse estudo também revelou que quatro meses de exercícios de força dão a uma pessoa de 70 anos a mesma capacidade funcional de um indivíduo de 45 anos iniciante nesse tipo de treino.
(Fontes: PLoS One e Journal of Applied Physiology)