Nike planeja quebrar barreira de maratona sub-2h em 2017

Atualizado em 15 de dezembro de 2016
Mais em Notícias

O sonho de que alguém corra uma maratona sub-2h pode se concretizar no ano que vem. A Nike anunciou nesta segunda-feira (12) que tem investido em pesquisas e treinado três corredores de elite – Eliud Kipchoge (Quênia), Lelisa Desisa (Etiópia) e Zersenay Tadese (Eritreia) – para superarem a marca.

O objetivo é que os atletas busquem o feito de correr os 42 km em, no máximo, 1h59min59s, ainda no primeiro semestre de 2017, o que quer dizer percorrer o trajeto a um pace de 2,51 min/km. O atual recorde da maratona, de 2h02min57s, pertence ao queniano Dennis Kimetto, que correu a Maratona de Berlim de 2014 a um pace de 2,55 min/km.

A Nike ainda mantém em segredo algumas estratégias para que o recorde seja batido. Mas um dos pontos mais importantes é que o feito não deverá ser buscado em uma prova comum, mas sim em um percurso fechado, em momento e lugar considerados ideais para a tentativa. Ainda não está claro se o recorde, caso alcançado, será registrado oficialmente pela IAAF (Federação Internacional de Atletismo).

“Eu sei que um dia a marca de sub 2h será quebrada e eu quero fazer parte disso”, declarou Tadese, atual recordista da meia-maratona (58min23s) em entrevista à Runner’s World.