Night Run Twist ilumina Sorocaba

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Na noite do último sábado (7 de março), Sorocaba ficou iluminada com a Night Run Twist 2015, série de corridas noturnas que, nesta prova, levou 5 mil pessoas ao Parque das Águas.

Nem mesmo a chuva, que estava forte no começo da competição, mas perdeu força durante a prova, foi motivo para que os corredores ficassem desanimados. Pelo contrário, o clima ameno que se instalou por conta dos pingos ajudou a performance e fez com que os atletas corressem ainda mais rápido.

Seja correndo 5 km ou 10 km, os participantes mostraram disposição e energia em um percurso plano, mas desafiador por ter uma pequena subida ao final, quando era necessário usar o preparo físico para conseguir aquele restinho de energia e potência. Foi o caso de Marcio Donato Moraes, que escolheu os 10 km. “Essa foi a minha primeira prova de 10 km. Antes disso havia feito apenas provas menores. Mas como me preparei bem para o percurso não tive grandes dificuldades, apenas com o último trecho, que exigia mais empenho dos corredores. No entanto, como o clima da prova é ótimo, foi mais fácil chegar ao final do percurso”, comenta.

Donato corre há cinco meses e essa foi sua primeira prova noturna. “Achei a competição muito boa. Eu adorei. E o clima diferente do que estou acostumado fez com que meu desempenho fosse ainda melhor, pois não havia o sol forte batendo na cabeça.” O engenheiro de 38 anos começou nas passadas para ganhar saúde e perder um pouco de peso. Mas, agora, já foi picado pelo bichinho da corrida. “Eu me apaixonei. Acordo todos os dias às 5h da manhã com a maior disposição para treinar”, diz.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  PARTICIPOU DA NIGHT RUN TWIST SOROCABA? VEJA O SEU RESULTADO

Mais experiente nas passadas, Fabiano da Silva Garcia, 41 anos, também optou pelos 10 km e adorou a prova. “Eu já participei algumas vezes das corridas noturnas. Gosto bastante dessas provas e a organização é ótima, uma das melhores de Sorocaba. O único problema foi a chuva, mas ainda bem que durante o percurso ela foi ficando mais fraca”, avalia.

A entrada de Fabiano no universo da corrida aconteceu há cerca de 5 anos. “Eu queria apostar num esporte para ter mais saúde e preparo físico e escolhi a corrida por sua facilidade. Nesse esporte basta calçar os tênis e sair correndo, independente do horário ou lugar que você estiver.” Além disso, Fabiano também escolheu as passadas para ajudar em outro esporte, o Squash. “Jogo faz bastante tempo e queria ganhar rendimento. A corrida foi uma boa escolha”, conta. Seus treinos semanais contam com 2 dias de corrida na rua, um dia na academia, para o fortalecimento muscular, e mais dois dias no Squash.

Quem também adorou a prova foi Aline Juliana da Cruz Brito. A corredora optou pelos 5 km, cruzando a linha de chegada com fôlego total. “Eu adoro as corridas noturnas, mas nunca tinha participado da Night Run Twist. Vou repetir a dose das próximas vezes porque achei a prova bem legal e muito organizada”, conta.

A administradora de 29 anos corre há um ano e apesar de estar afastada dos treinos mais pesados por conta de um problema no joelho, não conseguiu deixar de correr a Night. “Correr de noite é sempre melhor. É o horário que eu treino, inclusive. Sinto que as pessoas têm mais disposição e correm mais alegres, como aconteceu durante a prova de hoje. Nem a chuvinha que estava caindo foi motivo para desânimo. Estava todo mundo muito feliz”, revela.

As próximas edições da prova rolam em Bauru, no dia 14 de março, em Araraquara, no dia 21 de março, e em São José dos Campos, no dia 28 de março.

icone-foto

[nggallery id=151]