Night Run lota as ruas na noite paulistana

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Na cidade que nunca para, é mais do que comum vermos pessoas correndo ou se exercitando pelas ruas à noite. E neste sábado (15) não foi diferente em São Paulo. No sambódromo do Anhembi, mais de 13 mil se reuniram para a etapa Jupiter da Night Run, a última do ano.

Em clima de festa, com muita música e iluminação, os milhares de participantes pintaram a passarela do samba de azul. Com opções de percurso de 5 km e 10 km, experientes e iniciantes se reuniram mostrando o caráter democrático da corrida de rua.

Como Monique Faria Verdot, que há um ano era uma dessas iniciantes e, hoje, já pode se orgulhar dos ganhos que a corrida de rua lhe proporcionou nesse período. Isso porque a bióloga além de melhorar em muito sua performance, perdeu 21 kg.

leia-mais-cinza
icon texto_menor  PARTICIPOU DA NIGHT RUN EM SÃO PAULO? VEJA AQUI SEU RESULTADO

“Eu achei a prova excelente. Esta foi a terceira Night Run que eu participo, sendo que no ano passado, na própria Night Run, fiz minha primeira corrida. Na ocasião fiz os 5 km em 40 e poucos minutos. Hoje fiz em 24 minutos”, comemorou a participante de 27 anos que mantém um blog sobre vida saudável.

“Desde que comecei a correr, perdi 21 kg e passei a gostar muito do assunto. Passei a estudá-lo e criei um blog sobre o tema”, completou Monique, uma das autoras do Blog Vida Saudável.

Outro que há pouco tempo iniciou no mundo da corrida de rua é Fabio da Cunha. O engenheiro civil fez sua primeira prova em janeiro, no Circuito do Sol, e neste sábado fez sua terceira prova na carreira.

“Comecei a correr em janeiro, no Circuito do Sol e me animei bastante. Mas me machuquei quando estava treinando para correr a etapa Marte da Night Run. Nesse tempo fiz fisioterapia e fortaleci o joelho. Voltei a treinar esse mês e fiz a corrida em 24 minutos. Um tempo bom já que nos treinos estava fazendo 28”, comemorou o participante de 25 anos que fez sua última prova do ano.

“Saio de férias mês que vem. Vou para Nova York para as festas do final de ano. Ano que vem quero correr a Maratona de Nova York. Quem sabe eu não consigo uma vaga”, finalizou o participante.

Com um objetivo ‘mais humilde’, mas não menos importante, a analista comercial Camila Gabriela Alves procura na corrida uma atividade que a mantenha relaxada e longe do estresse do dia a dia. Talvez por isso, a performance seja o que menos importa.

“Fiz em 38 minutos. Não me preocupo com o tempo. Quero apenas completar, me sentir bem e curtir o evento. Isso a corrida me proporciona e me satisfaço com isso”, explicou a participante de 25 anos que estava acompanhada de namorado Eduardo, presente ao seu lado o percurso inteiro.

“Nós sempre corremos e às vezes treinamos juntos”, explica Camila que mora em Mogi das Cruzes.

“Treino em Mogi das Cruzes. Lá dá para correr sem problemas nas ruas. Em São Paulo foram apenas três corridas. Foi a primeira vez que estive no sambódromo e o local é realmente imponente”, finalizou.

O circuito Night Run volta em 2015.

icone-foto

[nggallery id=87]