Maratona de Bs. As.: Brasil no pódio feminino

Atualizado em 04 de agosto de 2016
Mais em Notícias

A  Maratona de Buenos Aires , disputada no último domingo (11 de outubro), bateu o recorde de corredores da tradicional maratona argentina. A 70ª edição da prova, que teve vitória do queniano Jonathan Chesoo (02h12min24) e da etíope Abeba Grebrene (02h30min33) registrou 11.225 inscritos, o maior número da história da prova, e 8.771 finishers. E no pódio, dominado pelos africanos, na elite feminina e masculina, a única a quebrar a hegemonia Etiópia-Quênia foi a brasileira Rosângela Faria (02h38min40) que chegou em terceiro lugar.

Para efeito de comparação, a Maratona de Buenos Aires, que se consolida como uma das maiores corrida de rua da América do Sul, registrou 7.225 corredores em 2011. Em 2012, 8.135. Em 2013, foram 9.100 corredores, enquanto que em 2014, 10.335 pessoas se inscreveram para a disputa dos 42 km na capital argentina, que cruzam os principais pontos turísticos da cidade, com largada e chegada no bairro de Palermo.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  MARATONA DE BUENOS AIRES DIVULGA TRAJETO
icon texto_menor  FAÇA SUA MELHOR MARATONA DE BUENOS AIRES 

Nesta edição, a Maratona de Buenos Aires também se tornou um evento de classificação para o Rio 2016. O corredor argentino Luis Molina, que correu em 02h15min2, conseguiu o índice de 02h16min, nota de corte da  CADA  (Comissão Atlética Desportiva da Argentina) , e conseguiu a vaga para correr a maratona pela Argentina nas próximas Olimpíadas, que serão realizadas no Rio de Janeiro.