Circuito das Estações anima Fortaleza

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Nem mesmo o sol forte e a alta temperatura da manhã deste domingo (12 de outubro) foram empecilho para os animados corredores da última etapa do Circuito das Estações em Fortaleza. O Aterro da Praia de Iracema recebeu 3.500 atletas na Etapa Verão do badalado circuito. Com várias idades e níveis técnicos diferentes, eles puderam optar por dois trajetos: 5 km e 10 km.

leia-mais-cinza
icon texto_menor  PARTICIPOU DA ETAPA VERÃO DOS CIRCUITO DAS ESTAÇÕES – FORTALEZA? CONFIRA O RESULTADO

A escolha de Ana Lourdes Pereira foi pelo percurso mais curto. “Eu participo de corridas de rua ao menos uma vez por mês. Mas sempre opto por percursos mais curtos, de 4 km a 6 km. Mesmo correndo há cinco anos me sinto mais à vontade nesses trajetos”, conta a corredora de 45 anos que trabalha em uma operadora de saúde.

Ana é fã do Circuito das Estações. “Este ano participei de três etapas. Mas infelizmente não consegui completar a minha mandala porque em uma delas eu não pude estar presente. Ano que vem quem sabe”, diz. Isso tudo porque sua rotina de treinamentos não está tão puxada. “Por conta do trabalho não consegui me dedicar como eu queria à corrida. Faço apenas treinos de fortalecimento na academia e corro na esteira. Mas ano que vem meu objetivo é voltar a ser assídua nos treinos”, afirma.

Outro admirador do percurso é Paulo Rogério Silveira. “Como sempre a prova estava ótima, uma vez que o percurso é muito bem organizado, sinalizado e divertido. Foi uma despedida com chave de ouro”, conta. O jornalista de 52 anos participa da competição dede o ano passado. “Gosto bastante do Circuito das Estações”, revela.

Para se preparar para o prova, Paulo treinou três vezes por semana, percorrendo entre 6 km e 7 km, já que sua escolha foram os 10 km. “Por conta da minha rotina agitada meus treinos precisam ser noturnos, e se eu corro mais que isso acaba ficando tarde demais para voltar para casa. Mas os 7 km já são suficientes para que eu consiga completar bem as provas das quais eu participo”, diz.

Corredor há cinco anos, o jornalista já sabe que no ano que vem participará novamente do seu circuito predileto. “Vou me preparar para isso”, revela.

icone-foto

[nggallery id=60]