Carecas não levam vantagem na corrida, diz estudo

Atualizado em 11 de outubro de 2017
Mais em Notícias

Mo Farah, dono de quadro medalhas nos Jogos Olímpicos, Abel Kirui, ouro na maratona do Mundial de Londres, ou Eliud Kipchoge, outra lenda do esporte, são exemplos de corredores carecas que atingiram grandes marcas no esporte. Mas, será que eles levam vantagem em relação aos atletas cabeludos? 

Todo corredor que quer diminuir seu tempo busca nos pequenos detalhes formas de cortar alguns segundos. Porém, se um desses detalhes for o seu cabelo, vá com calma! Um estudo publicado na Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano concluiu que os corredores carecas não são, cientificamente falando, mais rápidos que os corredores cabeludos. 

Um grupo de pesquisadores brasileiros preparou um experimento com 12 homens que deixaram seus cabelos crescerem por cinco meses. A expectativa do grupo era que o desempenho desses corredores fosse afetado pelo excesso de cabelo. Cada um deles, passou por um conjunto de cinco tentativas cronometradas de 2 km ao ar livre, por volta do meio dia. Uma vez com seus cabelos naturais e outra novamente com o cabelo raspado. Tudo foi analisado, da velocidade que eles atingiram até o estresse causado pela temperatura ambiente. 

 

 

A conclusão da experiência foi que ser careca ou cabeludo não tem efeito nenhum no desempenho. Levando em consideração que os pesquisadores não testaram os diferentes tamanhos de pelo facial ou do couro cabeludo, todos correram, aproximadamente, na mesma velocidade. 

Portanto, fazer sua barba ou cortar seu cabelo não te dará mais impulso ou ganho de velocidade na corrida. É melhor manter o seu estilo e treinar um pouquinho mais para ser o mais rápido!