shutterstockFoto: shutterstock

Estudo aponta que energéticos melhoram o desempenho na corrida

Atualizado em 03 de fevereiro de 2017
Mais em Notícias

Será que o consumo de energéticos antes da corrida pode melhorar a performance de um atleta? Segundo uma nova pesquisa americana, sim. Desenvolvido pela Universidade de Pittsburgh e pela Grove City College, da Pensilvânia, o estudo constatou que a combinação da cafeína com os demais ingredientes da bebida resultaram em uma pequena melhora do desempenho na corrida.

O teste foi feito em três etapas com 18 voluntários amadores (13 homens e 5 mulheres) com idade entre 17 e 23 anos. Em todas as ocasiões, os participantes tiveram que correr 5 km em esteira motorizada enquanto avaliavam seu VO2máx, tempo de corrida, percepção subjetiva de esforço (PSE) e frequência cardíaca. FC e PSE foram medidas em repouso, 1 hora antes da ingestão da bebida, em intervalos de 5 minutos durante a prova e imediatamente após o exercício.

 

 

Na primeira fase, os atletas completaram o percurso sem ingerir nada. Três dias depois, o grupo voltou ao laboratório para um novo teste, sendo que 60 minutos antes da atividade alguns ingeriram 500ml de uma bebida energética e outros um placebo. Após sete dias, os voluntários foram submetidos a uma nova avaliação consumindo a bebida oposta ao do teste anterior e mediram seu desempenho na corrida.

No final, constatou-se que os corredores que consumiram as bebidas energéticas foram 30,4 segundos mais rápidos em comparação com os que ingeriram a bebida placebo e tiveram melhor desempenho na corrida. De acordo com os pesquisadores, tais resultados são decorrentes dos efeitos da combinação da cafeína com os diferentes ingredientes contidos na bebida energética, que resulta em efeito ergogênico, ou seja, otimiza o desempenho atlético.